Decisão política se sobrepõe e cruzamentos da BR-376, em Sarandi, serão reabertos nesta sexta-feira

Por: - 14 de dezembro de 2017
A governadora em exercício Cida Borghetti e o prefeito Walter Volpato na campanha eleitoral de 2016, em Sarandi / Blog do Balako

Os cruzamentos das avenidas Inglaterra e Rio de Janeiro com a BR-376, em Sarandi, serão reabertos nesta sexta-feira (15/12), após uma intervenção da governadora em exercício, Cida Borghetti (PP), que decidiu atender aos pleitos do prefeito de Sarandi, Walter Volpato (PSDB).

A decisão política se sobrepõe ao entendimento técnico do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), que defendia o fechamento definitivo dos dois cruzamentos.

A nota encaminhada nesta quinta-feira (14/12) pela assessoria de imprensa do DER deixa clara a intervenção política no episódio.

“A governadora em exercício, Cida Borghetti, intermediou junto ao secretário de Infraestrutura, José Richa Filho, a liberação para amanhã (15/12) dos cruzamentos no trecho urbano da BR-376 em Sarandi”, diz a nota.

Para acelerar o processo de reabertura dos cruzamentos, que motivaram protestos dos moradores de Sarandi, o DER encaminhou no começo da tarde desta quinta-feira (14/12) um ofício à concessionária de rodovias Viapar.

Procurada, a concessionária informou ter recebido o documento e que trabalha para atender à solicitação no prazo estipulado.

Como forma de tentar evitar acidentes, principal argumento da Polícia Rodoviária Federal e do DER para o fechamento definitivo dos cruzamentos, foram estabelecidas três medidas.

A primeira tem relação com o tempo do semáforo, em que o tempo terá de ser superior a 200 segundos para os usuários da rodovia e menor do que 50 segundos para o trânsito da cidade.

O segundo ponto é a instalação de dois medidores de velocidade, nos dois sentidos da rodovia, próximos ao cruzamento. E a terceira medida é a melhoria na sinalização horizontal e vertical nas proximidades do cruzamento.

As alterações serão realizadas pela Viapar nos próximos dias.

Estudos ficam pronto no dia 20 de dezembro

A concessionária também terá de entregar até o dia 20 de dezembro a conclusão dos estudos realizados após o fechamento dos dois cruzamentos.

Segundo nota do DER, assim que os estudos forem recebidos “será designada uma comissão interna com total autonomia para decidir sobre o fechamento definitivo do cruzamento”.

O DER também solicitou à Viapar estudos sobre projetos alternativos que poderão ser implantados no trecho para garantir a segurança dos usuários dos cruzamentos.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.