Jurados encaram maratona de hambúrgueres para eleger o melhor do Maringá Food Festival

12 de dezembro de 2020
Uma das 25 criações do Maringá Food Festival. Resultado sai na segunda-feira (14/12)/ Divulgação

Neste sábado (12/12) e domingo (13/12) os jurados do Maringá Food Festival (MFF) vão encarar uma maratona de hambúrgueres para eleger o melhor entre as 25 criações da etapa 2020 do MFF.

A maratona de hambúrgueres vai ser desfrutada por Marcos Vigorito, fundador do guiadohamburguer.com, o maior site especializado em hambúrguer do Brasil, e André Bezerra, o organizador do concurso Comida di Buteco, em Curitiba.

Eles compõem o júri técnico e terão dois dias para saborear os 25 pratos e eleger a melhor receita. Enquanto os jurados encaram a maratona de hambúrgueres, os maringaenses ainda podem pedir em casa uma das receitas exclusivas até a noite de domingo (13/12), quando termina o festival.

“O maior desafio é não comer todo o hambúrguer, porque a gente precisa poder provar todos sem deixar a fome interferir no resultado e ser o mais justo possível”, revela Vigorito, que para poder dar conta da missão de encarar a maratona de hambúrgueres se atém a duas ou três mordidas por lanche, o que considera suficiente para poder avaliar tudo o que precisa no prato.

A eleição do Melhor Hambúrguer de Maringá na categoria profissional levará em consideração os mesmos critérios adotados na categoria popular: criatividade, sabor, apresentação, embalagem e temperatura, além de uma nova análise profissional, a técnica.

Veterano no júri do festival maringaense, Vigorito participou da edição de 2018 e aprovou a qualidade das receitas apresentadas, mas chega com a expectativa alta: “espero que o nível tenha subido, que o pessoal tenha evoluído, e que eu possa comer mais hambúrgueres mais gostosos”, diz.

Na hora de avaliar, ele fica de olho na promessa da hamburgueria e no que ela realmente entrega – e cada elemento da receita conta. “Vejo se o hambúrguer está gostoso de comer, se está macio, se está muito prensado, a textura, o sabor, a quantidade de sal, se o pão é proporcional e bom para hambúrguer, se é fresco, e se o queijo está bem derretido, se é saboroso, se agrega no prato”.

Mas não basta ser gostoso, tem que ser bem servido, apresentado e condizente com a proposta. “A gastronomia não se resume ao prato. O que marca realmente é a experiência como um todo”, diz Bezerra, experiente juiz em concursos gastronômicos, mas “calouro” na competição maringaense.

“Eu torço muito para chegar e perceber que a cidade está envolvida no concurso, torço pelo alcance do Festival e, é claro, torço por encontrar um ambiente de franca competição saudável. Que seja uma brincadeira, mas que os participantes não esqueçam que estão competindo, que precisam ser o melhor”, revela André Bezerra, que complementa com uma dica de apresentação do prato: “acho muito esquisito usar garfo e faca pra comer burger. Um bom hambúrguer precisa possibilitar a mordida e sem desmontar”.

Enquanto os jurados fazem suas escolhas, o público pode continuar provando e votando – a votação popular será encerrada às 23h59 do domingo (13/12). Lembrando que as receitas do festival estão sendo degustadas e avaliadas pelo público exclusivamente no formato delivery ou com retirada no estabelecimento, de forma que o público possa provar, votar e ter uma experiência sensorial e segura dentro de sua própria casa.

Para participar do júri popular, basta degustar uma das receitas participantes, no conforto do seu lar, via delivery ou retirada no estabelecimento – junto com o lanche, o cliente recebe um código para registrar o voto no site do festival.

A receita vencedora é a que tiver melhor média nas avaliações. E quem registrar o voto ainda concorre a duas hospedagens em um resort em Foz do Iguaçu, passeios na cidade, um vale compras de R$ 400 na rede de supermercados Cidade Canção e vários vale-hambúrguer.

Todas as receitas participantes foram criadas exclusivamente para o festival. A escolha do júri técnico e a preferida do público serão reveladas na segunda-feira (14/12), às 20 horas, em uma transmissão ao vivo pelo YouTube.

Até agora já foram vendidos mais de 8 mil hambúrgueres do Maringá Food Festival e 1900 votos foram registrados – número três vezes maior do que o total registrado na última etapa do festival, que definiu a melhor pizza da cidade, em 2019. Os números superaram as expectativas tanto da organização quanto dos estabelecimentos participantes.

“Apesar da pandemia e da restrição de consumo no local, será a maior edição do MFF que já realizamos”, diz Guilherme Oliveira, organizador do festival.

A primeira edição do festival, realizada em 2018, contou com a participação de 19 restaurantes e alcançou mais de R$ 170 mil em vendas de hambúrgueres especiais. No ano seguinte, a etapa Pizza reuniu 22 pizzarias e movimentou mais de R$ 250 mil.

Os estabelecimentos vencedores serão premiados com o reconhecimento do público e da crítica especializada. Mas, na prática, todos saem ganhando – a maior parte dos estabelecimentos participa do concurso para ampliar a visibilidade da marca e chegar atrair um público novo, e esse objetivo foi atingido com sucesso: os restaurantes já contabilizam aumento expressivo no faturamento e os resultados parciais demonstram que mais da metade dos que votaram são novos consumidores dentro dos estabelecimentos.

“Um evento como o Maringá Food Festival é muito importante para a gastronomia local, até para as hamburguerias evoluírem, vendo quem está no caminho certo, o que precisam fazer para melhorar, para ter feedbacks, e para cidade ter um hambúrguer de cada vez mais qualidade e o mercado amadureça”, diz Vigorito.

“Este evento fala de hábitos locais, produto, criatividade, serviço e ainda marca um momento importante na história, por conta dos protocolos da pandemia. Será que os estabelecimentos entenderam que realizar delivery pode catapultar o negócio dele tanto quanto pode enterrá-lo em praça pública?”, finaliza Bezerra.

Os jurados que vão encarar a maratona de hambúrgueres

Marcos Vigorito desenvolve hoje todas as receitas para o site, cursos e também para os eventos que o Guia do Hambúrguer participa. Já provou milhares de hamburguerias diferentes no Brasil, Estados Unidos e Austrália e se dedica ao estudo e disseminação de seu conhecimento sobre essa iguaria. Hoje é um dos maiores conhecedores de hambúrguer do Brasil e também cozinheiro especializado em hambúrguer, churrasco e American BBQ.

André Bezerra é o organizador do concurso Comida di Buteco, em Curitiba, do Burger Fun & Fest e, provavelmente, o cronista de gastronomia com o apetite mais voraz do Paraná. Como colunista da Tutano Gastronomia, contou a história de mais de 50 Casas curitibanas, além de realizar e publicar roteiros gastronômicos na capital e no litoral. Também colabora escrevendo para as revistas Bom Gourmet e Topview, além de participar de uma coluna quinzenal no programa Boa da Pan, da rádio Jovem Pan, onde dá dicas de bons lugares para se comer e beber bem. Em seu perfil no instagram delicia os seguidores com histórias garimpadas nas cozinhas dos lugares por onde passa.

O Maringá Food Festival é realizado pela Bússola Eventos. A edição deste ano é apresentada pela Aryzta, líder global no segmento de panificação congelada especializada e a terceira maior empresa de panificação do mundo, e tem como molho oficial a Heinz. Bem Brasil, Caldo Bom, Cervejaria Blumenau, Frimesa, Sim Chef Delivery, Picnic Laticínios, Supermercado Cidade Canção, UniClean, De Marchi, Alimentar Equipamentos, Gráfica Boaventura e Ciabel completam a lista de patrocinadores, do evento que conta com o apoio da ACIM, Empreender, Abrasel, Retur, Vem Pra Maringá e Maringá CVB.

Acesse aqui para ver detalhes das 25 receitas do Maringá Food Festival de 2020.