Festival de hambúrguer supera expectativas de vendas e público da edição de 2019

Por: - 7 de dezembro de 2020
Hambúrguer do Hands Bar Board Games, que estava fechado desde março e reabriu as portas para o Maringá Food Festival / Divulgação

Os volumes de vendas e de público registrados até agora na Etapa Hambúrguer do Maringá Food Festival 2020 vem surpreendendo a organização e os estabelecimentos participantes. Dados iniciais mostram que o número de votos registrados nesta edição é três vezes maior do que na última etapa do festival, que definiu a melhor pizza da cidade, em 2019.

O festival que vai eleger o melhor hambúrguer de Maringá em duas categoriais, Popular e Profissional, teve início no dia 26 de novembro e vai até domingo (13/12), com a participação de 25 estabelecimentos, que criaram receitas exclusivas para competir no evento.

A etapa deste ano é exclusivamente no formato delivery e retirada no balcão, de forma que as pessoas possam vivenciar uma experiência inovadora e segura em suas próprias casas.

Um dos números que mais chamam atenção se refere ao perfil do público consumidor. Resultados parciais demonstram que 51% dos que votaram são novos consumidores dentro dos estabelecimentos, dado que vai ao encontro com o propósito do festival.

“Estamos cumprindo a missão de levar novos clientes aos estabelecimentos, de dar a eles acesso a um público que não tinham antes. Ao mesmo tempo, estamos oferecendo ao público uma chance de conhecer novos sabores. Isso valida nossa premissa”, diz o diretor de projetos da Bússola Eventos, Guilherme Oliveira, que organiza o festival.

Pela primeira vez no festival, a Cervejaria Araucária Central estreou com pé direito com seu Donzela Búfala Burger, uma criação da proprietária Andressa Frigo.

“Procurei trazer alguns elementos que considero saborosos num bom hambúrguer que são: bom blend de carnes, o pão (no caso o nosso, brioche aromatizado com manjericão), crocância, que fica para a muçarela de búfala empanada à milanesa, e a suculência, acidez e umani da geleia de tomate”, explica Andressa.

No primeiro fim de semana do evento, o número de pedidos na Araucária foi tão alto que eles tiveram de parar as vendas por falta de ingredientes. “Superou nossas expectativas.”

A hamburgueria Dom João enfrentou um “problema” parecido. “Em alguns momentos, tivemos de pausar as vendas nos aplicativos, para conseguir dar conta da demanda dos clientes. O faturamento está além do que nós esperávamos”, conta Sérgio Henrique Granero, proprietário da Dom João.

Especializada em hambúrguer feito na parrilla argentina, a casa aposta no estilo alto e clássico, com sabores típicos dos churrascos dos hermanos, como chimichurri e provolone.

“Entramos no festival com o objetivo de ampliarmos a marca e termos mais reconhecimento a nível de Maringá. A princípio, eu achei que seria apenas um evento; mas agora, participando, vejo que é um evento totalmente profissional, muito bem organizado e estruturado. Me surpreendeu. O intuito era ser visto, e o MFF está suprindo”, revela Granero.

O Hands Bar Board Games investiu as fichas no Maringá Food Festival para marcar o retorno de suas atividades. Fechado para reformas e reestruturação desde março, o Hands acaba de abrir as portas de sua nova casa.

“Resolvemos participar para mostrar ao público nosso novo espaço, recém-inaugurado, e também para mostrar a todos que, mesmo não sendo uma hamburgueria, nosso cardápio tem um excelente nível de qualidade”, diz Rodrigo Cuesta, sócio do Hands.

“Nós esperamos estar entre as melhores criações e que isso traga muita visibilidade ao Hands, convertendo curiosos e desavisados em clientes. Que as pessoas venham até nós pelo hambúrguer e se encantem pelo Hands”.

Misto de bar e luderia, o Hands tem à disposição quase 300 jogos de tabuleiro, com monitores treinados para ensinar aos clientes as regras dos jogos, em um ambiente com temática geek.

Outro estreante no festival é o Nomadiz Burger, com uma criação bem inusitada baseada nos sabores do campo, com toques de abóbora, chucrute e geleia de laranja. “O Campestre Burger está sendo muito pedido por gente que não nos conhecida. Estamos recebendo muitas ligações empolgadas de pessoas querendo mais explicações sobre a ideia do lanche”, diz Alex Lima, chefe de cozinha do Nomadiz.

“Nós esperamos, desse festival, criar um elo, como já fiz com alguns donos de hamburguerias, para trocar ideias e conhecimento. Além, claro, ser visto pela cidade inteira, para Maringá conhecer o hambúrguer de primeira linha feito com muito amor e carinho distante do centro”, diz ele.

O Maringá Food Festival é realizado desde 2018 pela Bússola Eventos. A edição deste ano é apresentada pela Aryzta, líder global no segmento de panificação congelada especializada e a terceira maior empresa de panificação do mundo, e tem como molho oficial a Heinz.

Bem Brasil, Caldo Bom, Cervejaria Blumenau, Frimesa, Sim Chef Delivery, Picnic Laticínios, Supermercado Cidade Canção, UniClean, De Marchi, Alimentar Equipamentos, Gráfica Boaventura e Ciabel completam a lista de patrocinadores, do evento que conta com o apoio da ACIM, Empreender, Abrasel, Retur, Vem Pra Maringá e Maringá CVB.

Para conhecer todas as 25 receitas de hambúrgueres do Maringá Food Festival, clique aqui nesta outra reportagem do Maringá Post.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.