Conheça o formato de seleção online da TalentBank. Sistema ajuda conveniados a conseguir empregos

Por: - 12 de junho de 2020
Agência propõe uma nova metodologia de seleção e o uso da tecnologia, para avaliar competências e habilidades dos profissionais / Pixabay

Os desafios para inserção no mercado de trabalho exigem mudanças nos formatos de recrutamento e seleção de pessoas. A TalentBank propõe uma metodologia diferente para contratação, voltada para pessoas que buscam recolocação, novas oportunidades e empresas que pretendem selecionar os melhores profissionais de forma rápida.

Diferentemente de agências de empregos comuns, a TalentBank é uma agência de talentos e competências. Esqueça o formato tradicional de contratação, realizado apenas com a leitura de currículos e entrevistas baseadas nas experiências.

A agência propõe uma nova metodologia de seleção, com uso da tecnologia, para avaliar competências e habilidades dos profissionais.

Com essa avaliação online na plataforma MySkills, os caçadores de talentos, chamados de headhunters, procuram empresas e vagas que possam se encaixar no perfil do profissional. O formato de seleção da TalentBank também permite que as empresas possam identificar e escolher os melhores classificados para atender aos requisitos das vagas.

Neste novo formato de recrutamento, o profissional não é tratado como candidato, mas como cliente. A TalentBank faz o contato com as empresas, filtra vagas e oportunidades de emprego e a plataforma MySkills faz a comunicação com quem busca uma vaga no mercado de trabalho. O headhunter ou caçador de talentos faz a intermediação entre o profissional e a empresa.

Para o headhunter da TalentBank, Douglas Camillo, o formato de seleção proposto é diferente do modelo tradicional que, na maioria das vezes, pela quantidade de candidatos, não consegue analisar todos os currículos e utiliza a estratégia do descarte.

Além disso, algumas empresas não formam bancos de talentos e os currículos são descartados após as entrevistas. Diferentemente da estratégia da TalentBank, em que as informações dos clientes ficam reunidas para próximas oportunidades.

“É um modelo novo, o profissional vai utilizar a tecnologia para ranquear as competências. É um processo melhor e mais organizado. A pessoa vai ser avaliada e não entrevistada e vai ser tratada como cliente da TalentBank. Aqui, identifico as competências para que eu possa apresentar ele ao empresário”, explica o headhunter da TalentBank.

Esse novo formato de recrutamento foi utilizado na Expoingá 2019. Sem grandes filas, tumulto e demora para análise dos currículos, a seleção dos trabalhadores temporários foi por meio da plataforma online da TalentBank. Foram 4.980 inscritos online e, por meio do processo de pontuação, os responsáveis escolheram os melhores candidatos.

Na TalentBank, os profissionais que buscam a reinserção no mercado de trabalho são tratados como conveniados. Ao aderirem ao serviço, eles recebem assessoria dos headhunters e pagam pelo serviço somente após a contratação.

O investimento é de 25% do primeiro salário em duas parcelas. As avaliações online via MySkills custam a partir de R$ 29,90, dependendo da complexidade.

Entenda como funciona a metodologia da TalentBank

Em vez de entregar muitos currículos em vários empresas e para vagas que não se encaixam no perfil dele, o profissional cria um perfil na plataforma MySkills. Após isso, ele adquire uma série de testes e exames para avaliar as competências comportamentais e competências técnicas.

O resultado dos testes vai posicionar o cliente da TalentBank em um ranking. No entanto, se a pontuação não for boa, ele pode aperfeiçoar as competências. Com os resultados, o profissional consegue identificar em quais aspectos precisa buscar capacitação.

A Talent Bank oferece serviços de coaching e consultorias, caso o profissional precise melhorar as competências comportamentais. Para as habilidades técnicas, ele pode passar por treinamentos a distância na área em que precisa de capacitação.

Com uma boa pontuação e compatível ao cargo que o profissional deseja, ele pode ser direcionado para disputar a vaga de emprego. Em todo o processo, desde a criação do perfil na plataforma MySkills até a contratação, o profissional é assessorado pelo headhunter.

“O tempo que ele está na rua entregando currículos, ele está investindo nas avaliações, no perfil dele na plataforma MySkills e interagindo com o headhunter. A tecnologia vai ajudar ele a se destacar, sair da multidão e ser contratado”, diz o headhunter da TalentBank, Douglas Camillo.

Além das ferramentas para quem busca uma vaga no mercado de trabalho, também é possível ser um associado TalentBank e se tornar headhunter (acesse aqui). Para dúvidas, fala direto com a TalenteBank pelo WhatsApp.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.