Parceria cria oferta de linha emergencial de crédito em Maringá a micro e pequenas empresas

Por: - 23 de março de 2020
Linha de crédito emergencial visa a ajudar empresários em meio à crise do coronavírus / Reprodução Facebook

A Prefeitura de Maringá, em parceria com a Noroeste Garantias, Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim) e o Sicoob Metropolitano oferecem vão oferecer uma linha emergencial de crédito com taxas de juro diferenciadas para pagamento de salário, encargos e despesas administrativas.

As operações vão ser fechadas, preferencialmente, com recursos do fundo municipal da prefeitura e Acim. É uma linha de crédito voltada para micro e pequenas empresas com foco na linha emergencial de crédito motivada pela Covid-19, por meio de convênio vigente junto a Noroeste Garantias.

Para valores até R$ 100 mil, na modalidade capital de giro, a taxa de juros é de 0,49% ao mês, com seis meses de carência e prazo de 18 meses.

“O objetivo dessa iniciativa, que envolve a prefeitura, a Noroeste Garantias, a ACIM e o Sicoob Metropolitano, é socorrer ás empresas neste período difícil oferecendo taxas de juros diferenciadas. No ano passado, a prefeitura aportou R$ 1 milhão para esse fundo, e está em tratativas com a Noroeste Garantias aportar mais R$ 1 milhão para alavancar operações”, explica o diretor executivo da Noroeste Garantias, Jean Flávio Zanchetti.

Um projeto de lei vai ser encaminhado pela Prefeitura de Maringá ao Legislativo para autorizar o novo aporte de R$ 1 milhão para a linha emergencial de crédito.

Por conta do decreto municipal 445/2020, que suspendeu o funcionamento de empresas de vários segmentos em Maringá desde 20 de março, a Noroeste Garantias tem trabalhado em sistema remoto.

No momento, os atendimentos são feitos por meio do WhatsApp (44) 99767-0031.

A lista dos documentos necessários para cadastro e análise de crédito está disponível no site da Noroeste Garantias.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.