Robô maringaense Tinbot Pro ganha versão industrial e começa a ser vendido a partir de R$ 16,5 mil

Por: - 3 de julho de 2019
Robô maringaense Tinbot ainda em fase de testes na UniCesumar / Amanda Watanabe

O robô maringaense Tinbot Pro ganhou uma versão industrial e escalável e passa a ser vendido a partir de R$ 16,5 mil. O anúncio da Tinbot Robótica, startup criada em 2017 e acelerada pelo Grupo DB1, em Maringá, foi feito na tarde desta quarta-feira (3/7).

Segundo a empresa, o Tinbot Pro representa a nova geração do primeiro robô brasileiro interativo que reúne Inteligência Artificial, Cognição e IoT (Internet of Things). De fácil programação e pequeno porte, o robô maringaense Tinbo Pro tem uma fala natural em português, reconhecimento facial, de voz, gestos e expressões.

Também é possível integrar o robô a outros sistemas por meio de APIs. Os criadores da nova versão afirmam que o Tinbot Pro passou por um upgrade completo em relação à geração anterior que assegura estabilidade, durabilidade e produção em escala.

  • A parte externa do Tinbot deixou de ser produzida em impressão 3D e passou a utilizar um novo processo termoplástico que garante maior resistência e durabilidade.
  • O design foi totalmente alterado utilizando um conceito mais futurista, característicos de um robô.
  • Na estrutura interna e conexões, a impressão 3D também foi substituída, agora por metal altamente resistente.
  • A placa eletrônica passa a ser industrializada, feita sob medida para as necessidades do Tinbot, além de trazer melhorias na captação de áudio e reconhecimento de voz, similar ao sistema Alexa.
  • A bateria também foi aprimorada para garantir mais autonomia energética com vida útil de até dois anos.

O Tinbot é uma plataforma que integra Software (inteligência) e Hardware (mecânica), possibilitando interatividade e personalidade humanizada. Permite ainda que cada empresa personalize a plataforma de acordo com suas necessidades e possibilita integração com outros sistemas via APIs.

O robô foi adquirido e está em pleno funcionamento em empresas como UniCesumar e Evoa Aceleradora, onde atua na recepção de visitantes, Sicoob, para gerenciamento de indicadores, Cooperativa Cocamar onde interage com os cooperados, no Hotel Villa Rossa, como concierge e como parceiro da pensadora digital Martha Gabriel.

O robô maringaense Tinbot Pro está disponível por R$ 16.500 e os pedidos podem ser feitos pelo site da Tinbot Robótica.

Uma das primeiras versões em teste na UniCesumar

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.