Engenheiro Civil que deixou a IBM para investir em fast foods e entretenimento, Gilmar Leal Santos é escolhido o Empresário do Ano de 2018

Por: - 9 de julho de 2018

Gilmar Leal Santos é o Empresário do Ano de 2018. Ele foi escolhido em votação secreta na tarde desta segunda-feira (9/7) na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), pela comissão julgadora do prêmio, que é realizado na cidade desde 1980.

Santos nasceu em Apucarana e se formou engenheiro civil. Depois da graduação, ele trabalhou como Analista de Sistemas do Banestado Informática e foi analista de suporte de sistemas operacionais para sistemas de grande porte da IBM.

Da engenharia, Santos decidiu investir no segmento de fast foods e comprou a franquia do McDonald´s de Maringá. A transação envolveu dois restaurantes. Atualmente, o franqueado tem oito restaurantes em operação, cinco em Maringá e três em Londrina.

Para 2018, o empresário vai inaugurar mais duas operações, uma no Shopping Avenida Center e outra em Guarapuava. E, para 2019, serão abertos mais três restaurantes pelo franqueado, que está prestes a se tornar o dono da maior franquia McDonald´s do sul do Brasil. As operações contam com cerca de 800 funcionários.

Além do setor de alimentação, o empresário fundou, em 1999, a Cinesystem, empresa onde permaneceu até 2011. Santos também trouxe para Maringá franquias 5àSec, Hering, Rei do Mate, Spoleto e PBKids, repassadas posteriormente a outros empresários.

Em 2012, o Empresário do Ano de 2018 fundou a Cineflix, a nona maior rede de exibição de cinemas do Brasil. A Cineflix está presente em 16 cidades brasileiras e tem mais de 500 funcionários.

Atualmente, Santos dedica-se exclusivamente ao McDonald’s e é conselheiro da Cineflix, que investe na abertura de novas salas de cinema, ainda em 2018, no Shopping Cidade Maringá.

Os restaurantes que Santos administra tiveram 13% de crescimento no faturamento em 2017 e a Cineflix cresceu 26% em relação ao ano anterior. A trajetória de sucesso é um dos critérios para a escolha do homenageado.

Outra fator levado em consideração é a participação ativa na vida comunitária. Além de empresário, Santos é fundador e ex-presidente da Associação dos Pequenos e Médios Exibidores do Brasil. Desde 1997, ele também participa do McDia Feliz, ação voltada para a arrecadação de fundos para projetos direcionados às crianças e adolescentes com câncer.

Santos é jogador de basquete veterano, poeta e tradutor. No ano passado, lançou a tradução da obra “The Waste Land”, de T. S. Eliot. A versão traduzida é A Terra Árida, que contém um enriquecido material sobre o contexto da obra

A escolha do Empresário do Ano de 2018

A partir dos nomes indicados na primeira fase do processo por 26 entidades, Santos foi o mais votado pelos representantes da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), Sindicato do Comércio Varejista de Maringá (Sivamar), Associação Paranaense dos Supermercados (Apras) e Federação das Industrias do Paraná (Fiep), entidades promotoras do prêmio

Representantes da Prefeitura de Maringá, Câmara Municipal, Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), Sindicato dos Jornalistas e do Maringá e Região Convention & Visitours Bureau também participaram da votação.

A cerimônia de entrega do prêmio será definida em conjunto pelas entidades realizadoras e o homenageado. O Empresário do Ano é uma sucessão do prêmio Comerciante do Ano, criado em 1980 pelo Sivamar. Em 1998 a ACIM passou a ser co-promotora e em 1999 o nome foi alterado, no mesmo ano Apras e Fiep passaram a ser parcerias da premiação.

Comerciantes do Ano

  • 1980 – Yoshiaki Oshiro (Organtel)
  • 1981 – Francisco Mommenshon (Supermercado Catarinense)
  • 1982 – Shiniti Ueta (Ueta Cine Foto Som)
  • 1983 – Adirson Rossi (Tecidos Norte-Sul)
  • 1984 – Antônio Samorano Trava (Modulaque)
  • 1985 – Mário Martinucci Filho (Móveis Martinucci)
  • 1986 – Massao Tsukada (Livraria Bom Livro)
  • 1987 – Pedro Bortolossi (Mercado de Calçados)
  • 1988 – Carlos Ajita (Casas Ajita)
  • 1989 – Hélio Shimabukuro (Loja Genko)
  • 1990 – Damásio do Paraná Barão (Mercantil São José)
  • 1991 – Dayton Gouveia (Gouveia)
  • 1992 – Fernando Vieira Raimundo (Expoluz)
  • 1993 – Jefferson Nogaroli (Supermercados São Francisco)
  • 1994 – Antônio Donizete Busíquia (Dismar)
  • 1995 – José Rubens Abrão (Casa Santa Terezinha)
  • 1996 – Devanir Marion (MR Malharia)
  • 1997 – Carlos Alberto Tavares Cardoso (Supermercados Cidade Canção)
  • 1998 – Ariovaldo Costa Paulo (Arilu Distribuidora)

Empresário do Ano

  • 1999 – Wilson de Matos Silva (Cesumar)
  • 2000 – Benito Finco (Color Finco)
  • 2001 – Luiz Lourenço (Cocamar)
  • 2002 – Franklin Vieira da Silva (O Diário do Norte do Paraná)
  • 2003 – Ágide Meneguetti (Usina Santa Terezinha)
  • 2004 – Édson Recco (Recco e Recco)
  • 2005 – Massayoshi Siraichi (Grupo ATDL)
  • 2006 – Marcos Falleiro (M A Falleiro)
  • 2007 – Durval Franciso dos Santos Filho (Unimed Maringá)
  • 2008 – João Noma (Noma do Brasil)
  • 2009 – José Sendeski Neto (Antenas Aquário e Perfileve)
  • 2010 – Wilson Tomio Yabiku (Construtora Design)
  • 2011- Reginaldo Czezacki (Prever)
  • 2012- Jair Ferrari (Fortgreen)
  • 2013- Fernando Ferraz (FA Maringá)
  • 2014- Ilson Rezende (DB1 Global Softwares)
  • 2015 – Carlos Walter (ZM Bombas)
  • 2016 – Ciliomar Tortola (GTFoods)
  • 2017 – João Cantagalli (Crivialli do Brasil)

Artigos Relacionados

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

GUIAS