Shopping Cidade Maringá anuncia rede Cineflix como operadora das quatro salas de cinema. Obras devem ficar prontas no segundo semestre

Por: - 11 de abril de 2018
Serão quatro salas de cinema. Também haverá opção 3D e poltronas de couro ecológico (Imagem/Reprodução)

As obras de modernização e ampliação do Shopping Cidade Maringá devem ficar prontas no próximo semestre deste ano. Além das novas lojas, da ampliação da praça de alimentação e do espaço de entretenimento, a reativação das salas de cinemas fará parte da renovação.

O Shopping Cidade Maringá definiu que a rede Cineflix Cinemas será responsável por operar as quatro novas salas de cinema.

A partir do próximo semestre, a rede de cinemas traz para o shopping três salas do tipo stadium com capacidade para 500 pessoas e tela de 10,5 metros de largura. A quarta sala é vip, com poltronas mais largas e espaçosas.

Além disso, as salas do Cineflix têm um número reduzido de poltronas, com objetivo de garantir mais comodidade durante as sessões. O shopping também vai investir na opção de salas com sistema 3D e poltronas de couro ecológico, com uma distância maior entre as fileiras.

A rede brasileira Cineflix Cinemas está no mercado desde dezembro de 2011. Atualmente conta com mais de 16 unidades espalhadas em cinco Estados, totalizando 78 salas de exibição.

Investimento de R$ 30 milhões

Com um investimento previsto de R$ 30 milhões, a DCL Real Estate  pretende modernizar o Shopping Cidade Maringá. Essa é a primeira grande reforma desde 2005 e ampliará em 1.338 m² a área total. Entre as novidades já confirmadas, estão lojas da TimVivo e Hering.

O estacionamento, motivo de reclamação de consumidores, está sendo reformado e o administrador foi trocado. Sendo o mais amplo e coberto entre os shoppings de Maringá, a expectativa é que dê mais comodidade aos clientes.

Mais espaço paras as famílias da região

A praça de alimentação começou a ser ampliada no início deste ano, com oito novas opções, incluindo dois restaurantes. De acordo com a diretora executiva da DCL, Paola Noguchi, o novo espaço será uma área anexa da praça atual, na parte externa, definido por ela como um “boulevard capaz de receber toda a família”.

Também será construída uma praça de eventos, com área capaz de atender eventos itinerantes, temáticos, exposições e apresentações musicais que se adequem à política cultural e artística do shopping, de aproximação com a comunidade.

“O shopping quer entregar um espaço para toda a família. Enquanto o pai toma um chope, a mãe pode andar pelas lojas, as crianças pelos videogames e assim teremos uma diversificação”, diz Paola Noguchi.

Shopping vai assumir papel de protagonista

Em 1992 o espaço era uma unidade do Mercadorama, que começou a receber algumas lojas anexas. Apenas em 2003, o crescimento das lojas e do movimento levou à criação do Shopping Cidade Maringá, que ainda compartilhava espaço com o BIG, outro supermercado.

Para mudar essa associação, toda a fachada está sendo reformada, com nova identidade visual. A renovação da marca também faz parte do processo de reformulação, para aproximar os clientes e destacar o perfil cultural do estabelecimento, além do aspecto comercial.

“A transformação de um supermercado em um shopping, de forma gradativa, faz com que as pessoas, muitas vezes, associem o espaço ao BIG e não a um shopping. Queremos que o shopping seja o protagonista”, observa Paola.

Newsletter Briefing
O que aconteceu de importante em Maringá, todo início de noite no seu email.
Saiba mais ou cadastre-se:

Segundo a DCL, com o investimento e reformulação, o Shopping Cidade passará a atender as novas exigências do setor e acompanhar o desenvolvimento e a demanda dos clientes de Maringá e região.

Nos últimos 10 anos, o Shopping Cidade perdeu espaço para locais mais modernos, como o Catuaí Shopping. Apesar disso, a direção não vê como uma concorrência direta. “São públicos diferentes e o crescimento de Maringá oferece uma oportunidade para todos, sejam empreendimentos, lojistas, empregos ou consumidores”, conclui Paola Noguchi.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.