Secretário Mobilidade é ouvido na CPI da TCCC e nega ofício de dívida

Por: - 10 de setembro de 2018

Em reunião na tarde desta segunda-feira (10/9), o secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur, e a gerente de planejamento de Transporte Coletivo, Fabiane Dantas Gimenes Pradella, foram ouvidos pelos vereadores que integram a CPI da TCCC.

Ao contrário do que foi divulgado pela administração municipal, eles disseram que a concessionária Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC) não comunicou, oficialmente, nenhuma dificuldade financeira e tem atendido satisfatoriamente todas as solicitações encaminhadas pelo município.

O uso de aplicativos para o transporte de pessoas, especialmente o Uber, foi citado por Purpur como concorrente direto do transporte coletivo, o que tem colaborado para a redução no número de passageiros.

Purpur e Fabiane também afirmaram que cidades de porte semelhante a Maringá também possuem subsídios aos estudantes, idosos e deficientes e que tal medida é essencial para estimular o serviço.

Para a próxima segunda-feira (17), foram convidados a prestar informações o secretário municipal de gestão e diretor do Procon, Rogério Calazans, e o ex-vereador Humberto Henrique. A reunião da CPI será realizada no Plenário Ulisses Bruder, a partir as 14 horas.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.