Clube do Vinil de Maringá comemora quatro anos com feira neste sábado e domingo. Encontro terá direito a discotecagem no Mercadão de Maringá

Por: - 12 de outubro de 2018
O jornalista Andye Iore na discotecagem / Divulgação

O Clube do Vinil de Maringá (CVM) comemora quatro anos com a realização da 33ª Feira do Vinil no Mercadão de Maringá. Vai ser neste sábado (13/10) e domingo (14/10), das 10h às 19h.

O Clube do Vinil de Maringá foi criado em outubro de 2014 reunindo colecionadores de Maringá e região. Os expositores compram, vendem e trocam discos.

E também tem acervo com discos novos. O bazar cultural tem camisetas, artesanato, acessórios, bottons, gibis, decoração, entre outros.

Um dos principais participantes e incentivador do projeto é o jornalista e empreendedor Andye Iore, que mantém atualizado o blog do Clube do Vinil de Maringá.

Neste final de semana, além da feira de discos e do bazar cultural, terá discotecagem com o projeto Vinyland – com os DJs Adriano Haveck, Edson Laars e Andye Iore – e exposições de artes e fotografias.

O Vinyland foi criado em Maringá em 2015 no extinto bar The Joy, reunindo amigos que curtem discos de vinil.

A ideia foi lançada porque “Maringá tem uma intensa cena de DJs. Mas sem muita interação entre eles. Assim há projetos de rock, RAP, música brasileira. E até um soundsystem com reggae, dub e ska que há tempos ocupa espaços públicos reunindo amigos nas ruas. O que não é muito comum nem em grandes centros e acontece em Maringá”, explica Iore em postagem do blog do Clube do Vinil.

Na Feira do Vinil deste final de semana, voltam a apresentar seus trabalhos no Clube do Vinil o artista maringaense Ronis Furquim e a fotógrafa Renata Molina. E o artista artesão Clovis Pedrinho apresenta suas peças de assemblage, como Acumulador Arteiro.

O Mercadão de Maringá fica na avenida Prudente de Morais, 601, bem em frente ao estádio Willie Davids, na zona 7. A Feira do Vinil vai ser realizada no sábado e domingo das 10h às 19h. O funcionamento do Mercadão de Maringá vai ser no horário normal, acesse aqui e tenha mais informações sobre o local.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.