Dinossauro de três metros de altura vira “celebridade” em São Jorge do Ivaí. Agricultor se torna escultor e fatura até R$ 13 mil por obras como a do rex

Por: - 3 de outubro de 2018
Dinossauro foi feito de ferragem e cimento (Imagem/Alan Gabriel)

A escultura de um dinossauro rex de mais de 3 metros de altura chama a atenção de quem passa pela entrada de São Jorge do Ivaí, a 50 km de Maringá. Nas redes sociais, o dinossauro também é sucesso desde quando ainda ganhava “vida” nas mãos do escultor Alan Carlos Gabriel, de 36 anos.

O transporte e a instalação do dinossauro, que precisou de um guincho, chegou a ser transmitido ao vivo no Facebook. A escultura do dinossauro é uma encomenda feita pelo aposentado José Hernandes Soares, 74, que é amigo do escultor e que já tem um crocodilo feito por Gabriel.

O dinossauro e o crocodilo estão no jardim da chácara dos Soares, na entrada da cidade. O aposentado disse que gosta de animais pré-históricos e, por isso, pediu a nova escultura. A neta, Bruna Hernandes Sacarabelli, 24, contou que o avô nem pensou muito para decidir pelo dinossauro.

Ela disse que ninguém da família esperava que o avô fosse escolher um dinossauro. “Estávamos um dia na chácara e ele falou assim: “Vou mandar o Alan fazer um dinossauro”. Aí, procurei na internet algumas espécies e mostrei o rex para ele. A resposta foi imediata: “Vai ser esse mesmo”.

O proprietário do dinossauro não quis falar muito, disse que é tímido, mas garantiu que não se importa com a presença dos visitantes na chácara para tirar fotos. A escultura chama atenção de pessoas inclusive da região e de veículos de comunicação, com os quais José Soares evita falar.

Como um admirador da arte, Seo José afirmou que já pensa em pedir uma nova escultura, mas preferiu fazer suspense e não quis revelar qual será o animal escolhido. “Não quero me comprometer até me decidir, senão o povo vai ficar me cobrando”, justificou.

Veja como foi o transporte do rex de R$ 13 mil

O tão falado Dinossauro do meu avô chegando

Posted by Bruna Hernandes Scarabelli on Sunday, September 30, 2018

Para fazer a escultura, o artista que mora em Copacabana, distrito rural de São Jorge do Ivaí, fez uma armação de ferro no formato do dinossauro e encapou com concreto. A escultura foi pintada e envernizada. Gabriel disse que uma escultura em tais nestas proporções custa em média R$ 13 mil.

O dinossauro é oco e demorou cerca de um mês para ser feito, isso porque Gabriel disse que teve ajuda do tempo. Contou que começou a fazer esculturas há cerca de cinco anos e, hoje, deixou o trabalho de agricultor para se dedicar à produção de esculturas.

“Esse trabalho de artesanato me ajuda bastante, é a minha renda principal”, disse ele, que começou produzindo miniaturas de trator, mas percebeu que a ideia não vingou e resolveu investir em obras que representassem animais. A escultura do dinossauro foi a maior que o artista já produziu.

Apesar disso, Alan Gabriel afirmou que não teve nenhuma dificuldade para desenvolver o projeto. “Todos os trabalhos diferentes são um desafio para mim, mas para falar a verdade foi normal, não tive muita dificuldade”, afirmou o artista, que usa imagens da internet como referência.

As esculturas são feitas tanto em madeira como em concreto. “Costumo baixar bastante fotos na internet e vou copiando. A pintura, eu vejo mais ou menos e vou criando alguma coisa que acho legal. Vou modificando pouco a pouco”, contou o ex-agricultor.

As obras de Gabriel lembram as esculturas de animais do Parque do Ingá, que estão parcialmente destruídas. Foram feitas pela artista manauara Rosa dos Anjos e não há previsão de revitalização. Já o escultor de São Jorge do Ivaí espera encomendas. Fica a dica: Copacabana é bem mais perto que Manaus.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.