História de Masami Kondo, um sobrevivente da Segunda Guerra que mora em Maringá, vira filme e será exibida na Mostra Tupiniquim

Por: - 19 de setembro de 2018
Masami Kondo é proprietário de um salão de cabeleireiro há 53 anos em Maringá (Imagem/ José de Souza)

A partir de quinta-feira (20/9) um curta-metragem produzido em Maringá ganhará as telas do Cineflix Maringá Park, na 1º Edição da Mostra Tupiniquim – Etapa Paraná. O documentário “Masami Kondo”, de José Luiz de Souza, está entre os três curtas e um longa-metragem selecionados pelo edital Tupiniquim.

A produção maringaense conta a história de Masami Kondo, de 81 anos, um sobrevivente da Segunda Guerra Mundial e que mora na cidade há mais de 60 anos. Desde 1965 ele é proprietário do salão “Masami Cabeleireiros”, no Centro Comercial de Maringá.

No documentário, Kondo fala sobre as dificuldades que enfrentou em um novo país e relembra episódios da infância no Japão. Para chegar até esta história, o jornalista maringaense José Luiz de Souza contou que, por muito tempo, passava em frente ao salão, observava a placa e pensava, “daí pode sair uma história”.

O resultado não foi diferente. Ele encontrou o personagem que procurava.“Ele tem um percurso de vida, passou por várias situações difíceis, presenciou a explosão da bomba atômica, é um lutador. è um personagem anônimo como tantos outros na cidade e meu projeto é destacar pessoas que não tiveram sucesso na mídia”, afirmou.

Para produzir o curta-metragem, Souza acompanhou a rotina de Masami Kondo desde o trabalho no salão de cabeleireiro até os passeios na feira em que o oriental costuma frequentar. O documentário começou a ser produzido em 2012, porém só ficou pronto no ano seguinte.

Durante quatro meses, nas folgas de Kondo, o jornalista gravava, produzia e editava o material sozinho. Uma das maiores dificuldades, contou, foi registrar o filme na Agência Nacional do Cinema (Ancine) e no Ministério da Justiça. Outro grande sufoco foi transformar 20 horas de gravação em quase 20 min.

Souza afirmou que o trabalho não foi feito com o melhor equipamento e que evitou trabalhar com iluminação para “não mascarar o ambiente”. Porém, essa é a história que se dispôs a contar e que agora mais pessoas irão conhecer nos cinemas.

O personagem principal: Masami Kondo

Masami Kondo veio para Maringá aos 21 anos, após o fim da Segunda Guerra Mundial (Imagem/ José de Souza)

Mesmo com a história sendo exibida nos cinemas, Seo Masami Kondo, o personagem principal do curta-metragem, não se vê como uma estrela: “Não digo orgulho, mas a gente se sente bem, mesmo sabendo que minha vida não foi fácil durante esse tempo em Maringá. Estou contente”, disse Kondo.

Ele morou no Japão até os 21 anos, quando após o fim da guerra resolveu vir para Maringá em busca de uma vida diferente. Trabalhou na lavoura, foi pintor até que a mulher, também de origem japonesa, ensinou a ele algumas técnicas de barbearia. Em 1965, Kondo abriu o salão que funciona até hoje.

Sobrevivente da Segunda Guerra, Kondo sofreu com os efeitos da bomba atômica quando morava em Tokushima. Ele soltou até um spoiler do documentário: “No Japão, fui alvo de metralhadora de caça três vezes e não tinha onde me esconder.” O restante da história, só assistindo o documentário.

Confira quais são os outros filmes em cartaz

Além da produção maringaense, serão exibidos os curtas-metragens “Geladeira”, produzido em Curitiba; “O Retrato”, de Londrina; e o longa-metragem “Gastronomia Urbana”, de Curitiba. Os cineastas terão direito a 50% da receita buta arrecadada com a bilheteria das sessões durante o período em que o filme estiver em cartaz.

Confira as sinopses de cada um dos filmes

Gastronomia Urbana (Curitiba): 

Gastronomia Urbana é a forma como Curitiba é vista pelo mundo. Décadas após o ápice como cidade modelo e capital ecológica, Curitiba agora tem que lidar com as consequências do marketing excessivo. De um ex-prefeito, ao dono de um moinho falido, até um mendigo, personagens distintos revelam como uma cidade que um dia foi considerada perfeita está agora desmoronando diante dos olhos dos seus habitantes.

  • Direção: Ricardo E. Machado
  • Duração: 90 minutos

Geladeira (Curitiba):

O apartamento é congelado. Lá fora faz calor. Hugo é morno.

  • Direção: Fernando Moreira
  • Duração: 18 minutos

Masami Kondo (Maringá):

Masami Kondo, 81 anos, é um brasileiro que nasceu no Japão, sobrevivente da Guerra Mundial e que mora em Maringá há mais de 60 anos. Neste documentário, Masami relembra parte da vida, fala das dificuldades enfrentadas, da infância e da luta para se estabelecer em um novo país.

  • Direção: José Luiz de Souza
  • Duração: 19 minutos

O Retrato (Londrina):

A relação de amizade entre duas mulheres e a difícil decisão que uma delas precisa tomar diante de um pedido inesperado.

  • Direção: Jackeline Seglin
  • Duração: 20 minutos

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.