Paraná é o Estado com maior número de músicas selecionadas pelo Femucic, seguido por São Paulo. Veja quais são as 35 canções escolhidas, entre 1,3 mil inscritas

Por: - 10 de abril de 2018
Femucic de 2012, no Teatro Calil Haddad

As 30 músicas selecionadas pela Comissão Organizadora do 40º Festival de Música Cidade Canção (Femucic) serão apresentadas ao público, no Teatro Calil Haddad, nos dias 14, 15 e 16 de junho, em Maringá. Também foram escolhidas 5 músicas suplentes.

Critérios como originalidade e inovação, além da qualidade artística e técnica dos trabalhos, compuseram a avaliação de 1,3 mil inscrições de músicos e compositores de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal.

Além das músicas de Maringá, do Paraná também foram selecionadas três canções de Paranavaí, uma de Curitiba, uma de Pinhais e uma de Pato Branco. O segundo Estado com maior número de músicas é São Paulo, com cinco.

Minas Gerais terá três composições e uma como suplente. Santa Catarina e Rio de Janeiro, tiveram selecionadas duas músicas cada e o Rio Grande do Sul apenas uma e outra suplente.

Fora do eixo Sul-Sudeste, apenas uma foi selecionada: “Coração Marinheiro”, de Jaru (RO). Entre as suplentes, tem uma de Porto Velho (RO) e outra de São Luiz (MA). Nenhuma selecionada é da região Centro-Oeste do país.

Confira as músicas selecionadas

Apresentação no dia 14 de junho de 2018 – Sons da Cidade

  • “Alma e Coração”, por Antônio Carlos Bastiani da Silva, de Maringá – PR.
  • “Açucena, por Morete Gonçalves, de Maringá – PR.
  • “Choro pro Joaquim”, por Geraldo Bitencort de Lima, de Maringá – PR.
  • “Entardecer em Maringá”, por Geraldo Bitencort de Lima, de Maringá – PR.
  • “Itinerante”, por Juliano Bitencort, de Maringá – PR.

Apresentação no dia 15 de junho de 2018

  • “Poema das Cordas”, por Antônio Carlos Bastiani da Silva, de Maringá – PR.
  • “Rio do Rastro”, por Arthur Zucchi Boscato, de Florianópolis – SC.
  • “Tempo Solto”, por Benedito Fernando Deghi, de São Bernardo do Campo – SP.
  • “Sete Bilhões de Vozes”, por Caetano Seleme Zagonel, de Curitiba – PR.
  • “Última Hora”, por Diego Guerro, de Pato Branco – PR.
  • “Girassol”, por Dorival Ferreira Torrente, de Paranavaí – PR.
  • “Moema – A Lenda dos Três Morrinhos”, por Dorival Ferreira Torrente, de Paranavaí – PR.
  • “Saudade da Gralha Azul”, por Dorival Ferreira Torrente, de Paranavaí – PR.
  • “Rancho do Caboclo”, por Francisco Fernandes dos Santos, de Pinhais – PR.
  • “Capitão da Canção”, por Maíra Garrido Menezes, do Rio de Janeiro – RJ.
  • “Violas do Sul do Brasil”, por Mário Tressoldi, de Tramandaí – RS.
  • “Paraiano”, por Rubens Neves de Andrade, de Maringá – PR.
  • “Memórias de Meu Pai”, por Rubens Neves de Andrade, de Maringá – PR.

Apresentação no dia 16 de junho de 2018

  • “A Cidade”, por André Melo Mimiza, de Belo Horizonte – MG.
  • “Margarida”, por André Melo Mimiza, de Belo Horizonte – MG
  • “Sonhar, Sonhar”, por Antônio Carlos Bastiani da Silva, de Maringá – PR
  • “Afro Funk Barazilian Music”, por Bruno Vinci, de São Paulo – SP
  • “Amor”, por Flavia Santos de Oliveira Lazarini, de Rio de Janeiro – RJ
  • “Pau de Fita”, por Gilmar da Silva (Mazin Silva), de Blumenau – SC
  • “Thelonious Groove”, por Gustavo Figueiredo, de Contagem – MG
  • “A Cara da Periferia”, por Kleber Martins Silva, de São Paulo – SP
  • “Coração Marinheiro”, por Marfiza Calixto de França, de Jaru – RO
  • “Quem foi que disse”, por Marilaine Corrêa Tenório Calvi, de Maringá – PR
  • “Santa Teresa”, por Sílvio Eduardo Andrade Guimarães, de Campinas – SP
  • “Meu Santo”, por Zu Laiê, de Votuporanga – SP

Músicas Suplentes

  • “Chorangotango”, por Paulo Sergio Goulart Ferreira (Paulinho Goulart), de Porto Alegre – RS
  • “Calango na Cidade”, por Valmir Ribeiro de Carvalho (Bilora), de Contagem – MG
  • “Sem Despedida”, por Adriana Pereira Bosaipo Guimarães, de São Luiz – MA
  • “Ingá”, por Thiago Vinicius Alves Ueda, de Maringá – PR
  • “Barranco”, por Birivaldo Lourenço Freitas da Silva, de Porto Velho – RO

Programação especial nas escolas

Faz parte da programação do evento que escolas municipais de Maringá e empresas recebam, entre os dias 11 e 15 de junho, artistas e grupos participantes.

O objetivo é contribuir para o acesso de crianças e jovens estudantes, além de profissionais do comércio, à produção musical de outros Estados.

O Femucic fornece ajuda de custo aos selecionados, de acordo com a distância e o número de músicas selecionadas. Não são mais trazidos artistas consagrados, pois concluiu-se que eles estavam chamando mais atenção do que os outros participantes.

Festival tradicional pelas suas décadas de história, o Femucic é uma promoção do Sistema Fecomércio Sesc Senac do Paraná, Prefeitura de Maringá e a RPC para desenvolvimento da produção musical.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.