Inscrições para o Femucic 2018 já estão abertas; ajuda de custos aos selecionados pode chegar a R$ 9,3 mil

Por: - 30 de janeiro de 2018
Show de encerramento do Femucic 2017

Tudo começou há 40 anos, em setembro de 1977, com 61 inscrições de músicos de apenas seis cidades da região de Maringá. O nome ainda era Festival de Música do Sesc (Femusesc). No ano passado, o já consagrado Festival de Música da Cidade Canção (Femucic) recebeu 1.131 músicas, de 203 cidades de todos os Estados brasileiros. Para a edição deste ano, as inscrições já estão abertas e vão até o dia 5 de março.

Nessas quatro décadas, o festival deixou de ser competitivo e o palco ganhou outros ambientes. Começou no Teatro do Sesc, passou pelo Cine Horizonte, por um tempo foi montado no Ginásio de Esportes Chico Neto e atualmente as canções selecionadas são apresentadas no Teatro Calil Haddad – este ano, ocorrerá de 14 a 16 de junho, com 12 apresentações por noite: serão selecionadas 26 músicas inéditas e 10 que já passaram pelo Femucic.

A jornalista e produtora cultural Rachel Coelho, que fez de sua pesquisa para o Trabalho de Conclusão de Curso (Unicesumar) um livro, em 2003, lembra que o ex-diretor do Sesc – Maringá, Antonio Vieira, “é o grande responsável pela criação e existência do festival. Ele é um apaixonado”. Viera ainda é dirigente do Sesc, agora regional.

Rachel acrescenta que o Femucic “sempre se reinventou, buscando valorizar as produções  regionais e a diversidade”. Conta, por exemplo, que até o início dos anos 1990 o festival era competitivo. “Teve uma época que o festival era dividido por gêneros musicais, com uma noite de rock, outra de MPB e uma só de música instrumental. Se reinventar é importante para continuar atual”, observa.

Femucic de 2012, no Teatro Calil Haddad

O jornalista e compositor maringaense Cláudio Viola, que já teve canções selecionadas em três edições do Femucic, lembra que em 1988, quando o festival ainda era competitivo, como jurado, dividiu a responsabilidade de selecionar as vencedoras com o consagrado pianista e concertista Sérgio Camargo Mariano. “Na época, era feito um LP com as melhores canções. Eu estou na capa do disco daquele ano, mas só eu sei que sou eu: estou de costas”, brinca e ri.

Viola, um sambista de primeira linha, como o próprio nome sugere, se recorda também de grandes nomes que fizeram shows de encerramento ou de abertura do festival. Na primeira edição, por exemplo, a atração foi Carlinhos Lyra, um dos expoentes da MPB da época. “Lembro de Antônio Carlos e Jocáfi, Moraes Moreira, Belchior, Ivan Lins, Tetê Spíndola…”

Eventos paralelos em escolas e empresas

O Femucic deixou de trazer shows de artistas consagrados pela mídia, pois se chegou a conclusão que eles estavam chamando mais a atenção do que os participantes. Atualmente, o Sesc-PR tem a parceira da Prefeitura de Maringá, que compõem a comissão organizadora do evento.

Intérpretes, músicos e compositores de todo o Brasil podem inscrever músicas inéditas e aquelas já apresentadas em edições anteriores do evento. Originalidade, inovação, qualidades técnica e artística serão alguns dos critérios analisados pela comissão organizadora e, como incentivo à participação, o edital e seleção prevê a remuneração dos músicos.

Além da programação noturna no Teatro Calil Haddad, as escolas municipais de Maringá e empresas comerciais receberão, de 11 a 15 de junho, os projetos Femucic nas Escolas e Femucic das Empresas, com artistas e grupos participantes da edição. O intuito é contribuir para a ampliação e qualificação de crianças, jovens e profissionais do comércio, possibilitando o acesso à produção musical de outros estados.

Ajuda de custos aos selecionados

Categoria 1 – Até 150 km de distância de Maringá
– 1 música selecionada: R$ 1.600,00
– 2 músicas selecionadas: R$ 2.000,00
– 3 músicas selecionadas: R$ 2.500,00

Categoria 2 – Entre 151 km e 500 km de distância de Maringá
– 1 música selecionada: R$ 2.000,00
– 2 músicas selecionadas: R$ 2.500,00
– 3 músicas selecionadas: R$ 3.125,00

Categoria 3 – Ente 501 km e  1.000 km de distância de Maringá
– 1 música selecionada: R$ 3.500,00
– 2 músicas selecionadas: R$ 4.375,00
– 3 músicas selecionadas: R$ 5.468,75

Categoria 4 – Acima de 1000 km de distância de Maringá
– 1 música selecionada: R$ 6.000,00
– 2 músicas selecionadas: R$ 7.500,00
– 3 músicas selecionadas: R$ 9.375,00

É de responsabilidade da comissão organizadora, a hospedagem e alimentação (café da manhã e almoço) dos músicos de outras cidades, e traslados em Maringá relacionados ao vento.

Serviço:

  • A inscrição para o Femucic é gratuita e deverá ser realizada exclusivamente pelo site do festival, aqui. O resultado dos selecionados poderá ser conferido a partir do dia 9 de abril.
  • Período de inscrições: de 29 de janeiro a 5 de março de 2018
  • Período de apresentações: de 14 a 16 de junho de 2018.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.