Inscrições para o Femucic 2018 já estão abertas; ajuda de custos aos selecionados pode chegar a R$ 9,3 mil

Tudo começou há 40 anos, em setembro de 1977, com 61 inscrições de músicos de apenas seis cidades da região de Maringá. O nome ainda era Festival de Música do Sesc (Femusesc). No ano passado, o já consagrado Festival de Música da Cidade Canção (Femucic) recebeu 1.131 músicas, de 203 cidades de todos os Estados brasileiros. Para a edição deste ano, as inscrições já estão abertas e vão até o dia 5 de março.

Nessas quatro décadas, o festival deixou de ser competitivo e o palco ganhou outros ambientes. Começou no Teatro do Sesc, passou pelo Cine Horizonte, por um tempo foi montado no Ginásio de Esportes Chico Neto e atualmente as canções selecionadas são apresentadas no Teatro Calil Haddad – este ano, ocorrerá de 14 a 16 de junho, com 12 apresentações por noite: serão selecionadas 26 músicas inéditas e 10 que já passaram pelo Femucic.

A jornalista e produtora cultural Rachel Coelho, que fez de sua pesquisa para o Trabalho de Conclusão de Curso (Unicesumar) um livro, em 2003, lembra que o ex-diretor do Sesc – Maringá, Antonio Vieira, “é o grande responsável pela criação e existência do festival. Ele é um apaixonado”. Viera ainda é dirigente do Sesc, agora regional.

Rachel acrescenta que o Femucic “sempre se reinventou, buscando valorizar as produções  regionais e a diversidade”. Conta, por exemplo, que até o início dos anos 1990 o festival era competitivo. “Teve uma época que o festival era dividido por gêneros musicais, com uma noite de rock, outra de MPB e uma só de música instrumental. Se reinventar é importante para continuar atual”, observa.

Femucic de 2012, no Teatro Calil Haddad

O jornalista e compositor maringaense Cláudio Viola, que já teve canções selecionadas em três edições do Femucic, lembra que em 1988, quando o festival ainda era competitivo, como jurado, dividiu a responsabilidade de selecionar as vencedoras com o consagrado pianista e concertista Sérgio Camargo Mariano. “Na época, era feito um LP com as melhores canções. Eu estou na capa do disco daquele ano, mas só eu sei que sou eu: estou de costas”, brinca e ri.

Viola, um sambista de primeira linha, como o próprio nome sugere, se recorda também de grandes nomes que fizeram shows de encerramento ou de abertura do festival. Na primeira edição, por exemplo, a atração foi Carlinhos Lyra, um dos expoentes da MPB da época. “Lembro de Antônio Carlos e Jocáfi, Moraes Moreira, Belchior, Ivan Lins, Tetê Spíndola…”

Eventos paralelos em escolas e empresas

O Femucic deixou de trazer shows de artistas consagrados pela mídia, pois se chegou a conclusão que eles estavam chamando mais a atenção do que os participantes. Atualmente, o Sesc-PR tem a parceira da Prefeitura de Maringá, que compõem a comissão organizadora do evento.

Intérpretes, músicos e compositores de todo o Brasil podem inscrever músicas inéditas e aquelas já apresentadas em edições anteriores do evento. Originalidade, inovação, qualidades técnica e artística serão alguns dos critérios analisados pela comissão organizadora e, como incentivo à participação, o edital e seleção prevê a remuneração dos músicos.

Além da programação noturna no Teatro Calil Haddad, as escolas municipais de Maringá e empresas comerciais receberão, de 11 a 15 de junho, os projetos Femucic nas Escolas e Femucic das Empresas, com artistas e grupos participantes da edição. O intuito é contribuir para a ampliação e qualificação de crianças, jovens e profissionais do comércio, possibilitando o acesso à produção musical de outros estados.

Ajuda de custos aos selecionados

Categoria 1 – Até 150 km de distância de Maringá
– 1 música selecionada: R$ 1.600,00
– 2 músicas selecionadas: R$ 2.000,00
– 3 músicas selecionadas: R$ 2.500,00

Categoria 2 – Entre 151 km e 500 km de distância de Maringá
– 1 música selecionada: R$ 2.000,00
– 2 músicas selecionadas: R$ 2.500,00
– 3 músicas selecionadas: R$ 3.125,00

Categoria 3 – Ente 501 km e  1.000 km de distância de Maringá
– 1 música selecionada: R$ 3.500,00
– 2 músicas selecionadas: R$ 4.375,00
– 3 músicas selecionadas: R$ 5.468,75

Categoria 4 – Acima de 1000 km de distância de Maringá
– 1 música selecionada: R$ 6.000,00
– 2 músicas selecionadas: R$ 7.500,00
– 3 músicas selecionadas: R$ 9.375,00

É de responsabilidade da comissão organizadora, a hospedagem e alimentação (café da manhã e almoço) dos músicos de outras cidades, e traslados em Maringá relacionados ao vento.

Serviço:

  • A inscrição para o Femucic é gratuita e deverá ser realizada exclusivamente pelo site do festival, aqui. O resultado dos selecionados poderá ser conferido a partir do dia 9 de abril.
  • Período de inscrições: de 29 de janeiro a 5 de março de 2018
  • Período de apresentações: de 14 a 16 de junho de 2018.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.