Projeto “Nadando na Frente”, apoiado pelo ex-nadador Xuxa, irá atender crianças de 7 a 14 anos em Maringá

Por: - 9 de dezembro de 2017
Piscina da Vila Olímpica vai receber investimento para fazer o aquecimento da água / APAN Maringá

A partir deste sábado (9/12), o Centro da Juventude Antônio Paulo Pucca, no Conjunto Borba Gato, passa a abrigar o projeto “Nadando na Frente”. Criado há mais de uma década, o projeto chega a Maringá com a perspectiva inicial de atender 63 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

O trabalho é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Maringá, o Instituto de Esportes e  a Associação de Pais e Atletas da Natação de Maringá (Apan).

A prefeitura garantiu a cessão do espaço, no Centro da Juventude do Conjunto Borba Gato, e disponibilizou um profissional para realizar os treinamentos.

O secretário de Esportes, Valmir Fassina, explica que é um “projeto novo e que atenderá crianças que receberão todos os materiais para o treinamento, como óculos e touca”. A ação é possível graças a parceria de apadrinhamento com a iniciativa privada.

A presidente da Apan, Raquel Bazan, conta que a possibilidade de trazer o projeto para Maringá passou por uma indicação de Alex Pussieldi, comentarista da SporTv. Depois, a Apan tomou frente para viabilizar o atendimento.

A associação foi em busca de empresas que pudessem apadrinhar as atividades. “A natação é um esporte caro e, com o apoio dessas empresas, serão beneficiadas 63 crianças que não teriam condições de praticar a natação”, explica Raquel.

A professora que será responsável pelos treinamentos, Ana Maria Feltrin, explica que o objetivo é “entregar qualidade de vida para as crianças e, depois, com a descoberta de talentos, virá a preocupação com competições”.

O público alvo são crianças de 7 a 14 anos. Inicialmente, foram selecionadas famílias que residem próximo ao Centro da Juventude, mas existe a possibilidade de ampliação futura do número de participantes do Nadando na Frente.

Natação de Maringá com resultados expressivos

Criada em 2003, a Apan é a representante de Maringá em eventos regionais, estaduais e nacionais de natação competitiva. No prêmio Acim Esportes de 2017 a equipe foi homenageada entre as melhores do ano.

No mês de novembro, Maringá sediou pela primeira vez o Campeonato Paranaense de Verão na Vila Olímpica, evento que referendou a cidade como candidata a anfitriã do campeonato nacional de 2018.

Em 2017, atletas de Maringá foram campeões gerais dos Jogos Abertos do Paraná e conseguiram premiações em diferentes categorias do Campeonato Brasileiro de Natação Infantil.

Nos esportes paralímpicos, o destaque tem sido para as irmãs Débora e Beatriz, que representaram o Brasil no Mundial de Natação da Federação Internacional para Deficientes Intelectuais entre 28 de novembro e 3 de dezembro.

Elas ajudaram o país a ficar em primeiro lugar no quadro de medalhas e continuam a treinar em busca de novos títulos. “Elas devem estar mais maduras para brigar por medalha na Paraolimpíadas de 2020”, diz a presidente da Apan, Raquel Bazan.

“Nadando na Frente” ajuda crianças em várias cidades

Há mais de uma década o projeto “Nadando na Frente” desenvolve ações que incentivam a prática esportiva, gratuitamente. O trabalho busca oferecer estrutura para crianças em condições de vulnerabilidade social. Os serviços integram a comunidade e a iniciativa privada.

O ex-nadador Fernando Scherer, o Xuxa, que já foi campeão mundial representando o Brasil e conquistou medalhas olímpicas em Atlanta (1996) e Sydney (2000) e também melhor atleta brasileiro pelo Comitê Olímpico Brasileiro, é um dos padrinhos do projeto e ajudou na divulgação da iniciativa em Maringá.

O coordenador geral do Paraná do Instituto de Esportes, Thiago Torres, que é um dos responsáveis para o projeto nascer em Maringá, diz que o projeto é “uma oportunidade das crianças evoluírem como cidadãos e, eventualmente, como atletas”.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.