Maringá lidera ranking de fraude no auxílio emergencial de R$ 600, aponta TCE

Nesta edição o destaque é a denúncia aponta que servidores da Prefeitura de Maringá receberam o auxílio de R$ 600 do Governo Federal. E também, praça de alimentação de shoppings voltam a funcionar na segunda-feira em Maringá.

Confira os assuntos

  • Vereador renuncia cadeira em CPI:

Único médico da atual legislatura, Jamal Ali Mohamad renunciou ontem (29), à sua eleição para integrar a CPI da pandemia, na câmara de Maringá. Crítico da área da saúde, ele teria na CPI a oportunidade de confirmar eventuais irregularidades que costuma divulgar pelas redes sociais.

  • Boletim do Covid-19:

Maringá registrou 8 novos casos de coronavírus, há a confirmação de uma criança com 3 anos com covid-19, 3 mulheres e 4 homens. Dos 328 casos confirmados, 142 são de pacientes que já venceram a doença.

A cidade registra 4.741 casos notificados, desses, 4.075 foram descartados. O Brasil tem mais de 400 mil casos da doença e mais de 25 mil mortos.

  • Praças de alimentação em Shoppings:

As praças de alimentação de shoppings de Maringá, e poderão voltar a ter consumo no local a partir de 1° de junho. A decisão foi publicada pelo município nesta quinta-feira (28).

O consumo nas praças de alimentação estava proibido desde 20 março, como uma das medidas decretadas pelo município para conter o avanço do novo coronavírus.

  • Uso indevido do auxílio emergencial:

Uma denúncia muito grave em Maringá, a informação é de que o Tribunal de Contas do estado teria identificado e estaria investigando 566 servidores da prefeitura de Maringá, que teriam recebido o auxílio de 600 reais do governo federal, que não é destinado para funcionários públicos, não está descartada a possibilidade dos CPFS terem sido usados por alguma quadrilha.

  • Denuncia:

Uma hashtag de Maringá figura entre os tend tropings, o assunto está relacionado a mulheres que são agredidas #exposedmaringá a questão é realmente seria e trata de abuso contra mulheres.

  • Sessão diferente:

A mais bela cena da republica foi vista ontem (28), tem a ver com Maringá, durante a sessão da câmara dos deputados em Brasília, o personagem principal foi João Miguel, de apenas 3 anos de idade, neto do deputado federal Enio Verri.

João Miguel foi até seu avô estava em sessão por videoconferência pedido uma folha de papel, nesse momento o presidente da câmara Rodrigo Maia perguntou ao deputado nome do neto e fez questão de dizer que momentos assim tiram clima tenso na política do país.

Assista à edição completa:

Jovem Pan
O trabalho da Rádio Jovem Pan atende aos anseios de seus ouvintes: “nosso público é exigente, quer a melhor informação, o jornalismo correto e analítico. Por esse motivo, a Jovem Pan se desdobra e está sempre à frente de seu tempo, com iniciativas pioneiras que se tornaram norma básica nesta casa”, diz o diretor-presidente da emissora, Antonio Augusto Amaral de Carvalho – o Tuta – acrescentando que a credibilidade da Jovem Pan vem da informação responsável e sem distorções, que analisa e esclarece com a atenção voltada exclusivamente ao ouvinte, o que representa uma forma de atuação no seu próprio tempo.
Últimas vagas de Empregos