Motofretistas irregulares de Maringá marcam manifestação para sábado

Nesta edição destaque é para reajuste do salário mínimo regional do Paraná, sendo maior que o realizado pelo Governo Federal. O reajuste pode chegar até R$ 1.599,40 de acordo com a categoria.

Outro destaque é a manifestação que será realizada no próximo sábado (17), pelo motofretistas irregulares em Maringá. A estimativa que de 4 mil entregadores apenas 36 estão plenamente legalizados.

Salário mínimo no Paraná:

Os trabalhadores do paraná começam 2020 com uma excelente notícia. O reajuste do salário mínimo regional do estado será de 5,86% este ano, 1,75 ponto percentual acima do reajuste nacional. O reajuste eleva o piso para R$ 1.383,80 na categoria 1 (o maior do país), podendo chegar a R$ 1.599,40 de acordo com a categoria. O percentual maior que o índice nacional foi aprovado nesta segunda-feira (13), em votação no conselho estadual do trabalho.

Manifestação dos Motofretistas em Maringá:

Um grupo de motofretistas irregulares organiza pelas redes sociais uma manifestação contra a secretaria municipal de mobilidade.

Estima-se que existam em Maringá mais de 4 mil entregadores que utilizaram motocicletas na cidade, mas apensas 36 deles estão devidamente regularizados, atendendo as exigências estabelecidas em lei.

Entre as exigências não cumpridas pela maioria dos motofretistas estão: habilitação com anotação de EAR (exerce atividade remunerada), curso específico, colete, motocicleta identificada e cadastro na SEMOB.

Como haverá concentração dos mesmos, a SEMOB estará presente com sua unidade móvel para cadastrar e regularizar os interessados. A manifestação, espera-se, é para que todos os que estejam regulares e obedeçam às leis de trânsito. Movimentos que pregam o silêncio e também mais fiscalização quanto ao ruído produzido pelas motocicletas também estarão presentes com seus decibelímetros (aparelho que mede a pressão sonora).

Nota de esclarecimento da Prefeitura de Mandaguari:

A prefeitura de Mandaguari emitiu nota a respeito da notificação do prefeito Batistão, após abertura de uma comissão processante.

A entrega foi feita com a presença de um só integrante da imprensa, Fernando Damas, do site Correio de Notícias, que faz oposição à administração.

Prefeitos poderão atuar na iniciativa privada:

Tribunal de contas diz que prefeito pode atuar na iniciativa privada durante mandato
o prefeito pode exercer atividade privada durante o seu mandato, desde que haja compatibilidade de horários, seja respeitada a legislação infraconstitucional e não haja prejuízo ao exercício das atribuições do cargo. No entanto, ele não poderá ser contratado pelo município para atuar como médico, nem mesmo por pessoa interposta pessoa ou por qualquer outro meio.

Essa é a orientação do pleno do tribunal de contas do estado do paraná (TCE-PR), em resposta à consulta formulada pelo prefeito de londrina, Marcelo Belinati Martins, por meio da qual questionou se haveria impedimento para o exercício de trabalho na iniciativa privada cumulada com o mandato eletivo de prefeito.

Carnaval em Maringá:

Oito blocos inscritos no edital da secretaria municipal de cultura embalarão o carnaval de 2020 em Maringá. Os preparativos viabilizados pela prefeitura garantirão a festa no parque de exposição da cidade nos dias 22 e 23 de fevereiro.

Livro polêmico sobre Governo Federal:

As revelações da jornalista Thaís Oyama em seu livro ‘Tormenta – O governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos’ balançaram Brasília nesta segunda-feira.

Ela conta que o maringaense Sergio Moro não foi demitido do cargo de ministro da Justiça e da Segurança Pública por causa do general Augusto Heleno. Bolsonaro, irritado com crítica feita por Moro contra seu novo amigo de infância, ministro Dias Toffoli, iria exonerar o ex-juiz federal. “Se demitir o Moro, o seu governo acaba’”, disse Heleno.

Assista a edição na integra:

Jovem Pan
O trabalho da Rádio Jovem Pan atende aos anseios de seus ouvintes: “nosso público é exigente, quer a melhor informação, o jornalismo correto e analítico. Por esse motivo, a Jovem Pan se desdobra e está sempre à frente de seu tempo, com iniciativas pioneiras que se tornaram norma básica nesta casa”, diz o diretor-presidente da emissora, Antonio Augusto Amaral de Carvalho – o Tuta – acrescentando que a credibilidade da Jovem Pan vem da informação responsável e sem distorções, que analisa e esclarece com a atenção voltada exclusivamente ao ouvinte, o que representa uma forma de atuação no seu próprio tempo.
Últimas vagas de Empregos