Ibope, mudança de nome, e outras mudanças no cenário de mídia em Maringá

O Pan News de hoje abordou vários assuntos, no caderno policial André Almenara, nos contou com detalhes a história do ladrão que devolveu roupa furtada de uma loja por uma empresa de entregas; outro comentário de nossos colunistas foi à questão do limite entre Maringá e Sarandi, os prefeitos das duas cidades tiveram uma reunião pra tratar do assunto.

Quem nos atualizou sobre a questão da dengue foi Roberto Lima, o Paraná já contabiliza 22 mortes; na questão da política nacional Emerson Celestino em seu comentário disse que o centrão quer dominar o país.

E pra encerrar o deputado Zeca foi condenado em uma questão com uma gráfica de Cruzeiro do Oeste e também a mídia de Maringá está mudando, jornal que quer trocar de nome, novos jornais e o ibope das TVs mexeu com os ânimos principalmente nas redes sociais

Confira:

O trabalho da Rádio Jovem Pan atende aos anseios de seus ouvintes: “nosso público é exigente, quer a melhor informação, o jornalismo correto e analítico. Por esse motivo, a Jovem Pan se desdobra e está sempre à frente de seu tempo, com iniciativas pioneiras que se tornaram norma básica nesta casa”, diz o diretor-presidente da emissora, Antonio Augusto Amaral de Carvalho – o Tuta – acrescentando que a credibilidade da Jovem Pan vem da informação responsável e sem distorções, que analisa e esclarece com a atenção voltada exclusivamente ao ouvinte, o que representa uma forma de atuação no seu próprio tempo.
Últimas vagas de Empregos