Petrópolis: saiba como doar para ajudar os sobreviventes

Imagem: Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou hoje (16) que o governo estadual bancará o custo do primeiro auxílio aos moradores de Petrópolis, prejudicados pelo temporal de ontem (15). O temporal que provocou deslizamentos na região, deixou mais de 50 mortos até o momento, e vários desaparecidos. A chuva foi tão forte que em seis horas choveu a quantidade esperada para o mês inteiro.

Segundo dados da prefeitura, pelo menos 80 casas foram destruídas pela barreira que caiu no Morro da Oficina.

Bairro Castelânea em Petrópolis, após fortes chuvas que atingiram a região Serrana do Rio / Imagem: Agência Brasil

A prefeitura de Petrópolis declarou estado de calamidade pública. O governador informou que conversou ontem com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e com o presidente Jair Bolsonaro, sobre a situação da cidade e pediu o apoio federal.

O governo do estado contou com a ajuda da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para desobstrução das vias que impediam a chegada das equipes dos bombeiros do Rio de Janeiro. Castro agradeceu a solidariedade dos municípios que estão enviando equipes para ajudar no trabalho de recuperação da cidade.

A prefeitura de Petrópolis montou uma base no ginásio da Universidade Católica de Petrópolis (UCP), no bairro do Bingen, para reunir os equipamentos e caminhões utilizados nas operações da cidade. O governador estimou em dois dias o prazo de conclusão da limpeza da cidade.

Locais de doação

Todas as unidades da PM do Rio viraram ponto de recolhimento de doações. Água mineral e itens de higiene pessoal são os principais pedidos. A sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na Avenida Marechal Câmara 210, no Centro do Rio, também virou ponto de doação.

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) abriu a recepção da Prefeitura Universitária para receber doações de água mineral, alimentos, roupas e itens pessoais. O endereço fica na Praça Jorge Machado Moreira, 100, na Cidade Universitária

O SOS Petrópolis, do Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Petrópolis, está arrecadando mantimentos, roupas e itens de higiene pessoal. As doações podem ser deixadas na Rua Monsenhor Bacelar, 400, no Centro de Petrópolis.

A Ação da Cidadania, que faz parte da campanha SOS Enchentes Brasil, recolhe doações em sua sede no Rio de Janeiro, que fica na Rua da Gamboa 246, Gamboa.

Solidariedade por parte de quem mora longe

As doações  para a Ação da Cidadania também podem ser feitas em dinheiro, pelo site www.acaodacidadania.org.br ou pelo PIX [email protected]

Desde dezembro passado, a ONG já levou suporte para diversos municípios de Minas Gerais, São Paulo, Maranhão, Tocantins, Pará e Bahia. Mais de mil toneladas de donativos foram entregues nesses estados.

Informações da Agência Brasil e Ação da Cidadania

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.