Bois e cavalos soltos serão recolhidos e proprietários multados

bois e cavalos

Cavalos e bois que forem encontrados soltos nas ruas de Mandaguari serão recolhidos pela prefeitura e renderão multas para os proprietários. Este trabalho iniciado nos primeiros dias de 2022 objetiva disciplinar os proprietários de animais para que cuidem de seus animais e evitem que bichos soltos provoquem acidentes e outros problemas para a população.

Os animais recolhidos somente serão devolvidos a seus proprietários mediante o pagamento de multa. Os que não forem resgatados por seus donos serão destinados a doação.

Para recolher animais soltos a prefeitura de Mandaguari contratou uma empresa especializada, que teve sua primeira ação na última quinta-feira, 6, com o recolhimento de um cavalo que estava nas ruas no bairro Vila Verde. A ação aconteceu após moradores do Vila Verde registrarem denúncia na prefeitura.

“É uma medida sanitária muito importante que contribui para o controle de zoonoses e para o bem-estar e segurança dos moradores e dos animais”, comenta o prefeito em exercício João Jorge Marques, o Jorge do Alambique (PDT).

Os animais recolhidos serão transportados em um caminhão boiadeiro e encaminhados a instalações adequadas. Quando necessário, os animais serão tratados. Os tutores terão prazo de 7 dias para resgatar os animais, mediante o pagamento de multa, além de taxas do transporte. Caso contrário, o animal será encaminhado para doação.

bois e cavalos
Muitos acidentes já ocorreram provocados por animais de grande porte soltos Foto: Divulgação

Segundo o prefeito em exercício, a prefeitura só adotou esta medida após alertar inúmeras vezes os proprietários de bois e cavalos para que evitassem que seus animais ficassem soltos nas ruas.

“Os proprietários têm sido notificados desde o ano passado. O recolhimento de bois e cavalos está sendo feito para proteger os mandaguarienses e os próprios animais, que podem sofrer ou provocar acidentes, como atropelamentos”, comenta o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Turismo, Eduardo Abílio.

A população pode contribuir com este trabalho denunciando na prefeitura sempre que encontrar animais de grande porte pelas ruas. As denúncias podem ser feitas no Setor de Protocolo ou no site da prefeitura. O nome do denunciante será mantido no anonimato.

 

Mais notícias de Maringá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *