Polícia prende empresário – marido de advogada – suspeito de matar pai, mãe e filha

9 de agosto de 2021
Suspeito foi preso durante a noite de hoje/ Foto -Leonardo Revesso/OBemdito

Investigadores da Polícia Civil de Umuarama (a 160 quilômetros de Maringá) prenderam durante a noite desta segunda-feira, 9, o empresário Jean Michel de Souza, de 40 anos. Ele era marido da advogada Jaqueline Soares, de 39 anos, uma das vítimas que foi brutalmente assassinada manhã de hoje dentro da casa onde morava com os pais na avenida São Paulo.

Também morreram Helena Maria Marra dos Santos, 59 e o esposo Antônio Soares dos Santos, de 65 anos. Ambos estavam dentro da casa e foram atingidos pelos golpes de faca. Na casa não havia sinais de arrombamento e nenhum objeto foi levado. Souza, segundo informações da imprensa de Umuarama, apesar de casado com a advogada vivia em outra residência.

pai, mãe e filha
Helana, Antonio e Jaqueline foram encontrados mortos na casa em que moravam

O advogado do empresário, Erick Costa disse em entrevista coletiva durante a noite que a prisão de Souza é precipitada e que vai recorrer da decisão da PC. Ele será ouvido nas próxima horas. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico Legal e já liberados. Segundo conhecidos, a família será sepultada no estado de Goiás – onde morava antes de se mudar para Umuarama.

O crime
Os corpos foram encontrados pela empregada da família na manhã de hoje. As vítimas foram mortas a facadas. Os corpos dos pais foram encontrados na cozinha, já o corpo da filha estava em uma banheira. Os carros da família não foram roubados.