Em casa e com a torcida, Maringá FC recebe o líder Athletico e quer reabilitação

em casa

Depois de perder em apenas sete minutos um jogo que parecia ganho, na estréia do Campeonato Paranaense frente o Londrina, o Maringá Esporte Clube tem a partir das 21h30 desta quarta-feira, 26, a chance de reabilitação, porém, sem esquecer que estará enfrentando uma equipe que fez o dever de casa direitinho e venceu seu primeiro compromisso, o Athletico Paranaense. A favor do Dogão, por enquanto, só o fato de estar jogando em casa, perante sua torcida, afastada do Willie Davids desde o início da pandemia da covid-19.

Para o Furacão, a única dúvida repousa no ataque. O técnico James Freitas faz segredo sobre quem entrará no ataque, se Daniel Cruz, que entrou durante a partida contra o Paraná Clube e agradou pela sua movimentação, ou se começa jogando com Reinaldo, que era o titular da posição.

Já o técnico Jorge Castilho, do Maringá, não terá o zagueiro Áquila, que passou por uma artroscopia no joelho, com o atacante Moraes (fissura na fíbula) e com os meia-atacantes Diogo Vitor e Leonardo Souza , ambos ainda aprimorando a parte física.

Maringá FC x Athlético PR

  • Horário: 21h30
  • Local: Estádio Willie Davids, em Maringá
  • Maringá FC – Dheimison; Marcos Vinícius, Bruno Luiz, Ronald e Carlinhos; João Denoni, Parrudo e Matheus Bianqui; Mirandinha, Robertinho e Alemão. Técnico: Jorge Castilho.
  • Athletico – Anderson, Luan Patrick, Matheus Felipe e Fasson; Ataíde, Juninho, Pablo Siles e Pedrinho; Jader, Reinaldo (Daniel Cruz) e Rômulo.
  • Árbitro: Ivan Correa Laureano (PR)
  • Assistente 1: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
  • Assistente 2: Alessandro Rodrigues Mori (PR)
  • Quarto árbitro: João Paulo Romano Queiroz (PR)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.