Traição, filho fora do casamento e morte: a briga pela herança da campeã olímpica Walewska

Compartilhar

Foto: Reprodução / Redes Sociais

Os pais da ex-jogadora de vôlei Walewska Oliveira, que morreu em agosto deste ano, entraram na Justiça para impedir que o viúvo dela, Ricardo Alexandre Mendes, seja o inventariante dos bens da campeã olímpica. Eles acusam Ricardo de ter contribuído para a morte de Walewska, que teria descoberto uma traição e um filho fora do casamento dele. As informações foram divulgadas pela redação da Rede TV.

Segundo o site Notícias da TV, os familiares da atleta alegam que Ricardo não prestou assistência à esposa, não reconheceu o corpo, não participou do velório e do enterro e não deu apoio à família. Eles afirmam que Walewska sonhava em ser mãe, mas foi impedida pelo marido, com quem viveu por 20 anos.

A defesa dos pais de Walewska pede que Ricardo seja afastado da administração dos bens da ex-jogadora e que eles sejam destinados aos herdeiros legais, ou seja, os pais e os irmãos dela. Eles também pedem uma indenização por danos morais e materiais.

Walewska Oliveira foi uma das maiores jogadoras de vôlei do Brasil, tendo conquistado a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, e diversos títulos nacionais e internacionais. Ela morreu aos 41 anos, em São Paulo, após sofrer uma parada cardiorrespiratória.


Compartilhar