Ao menos 25 árvores caíram em Maringá durante temporal, diz Defesa Civil

Compartilhar

O balanço parcial do órgão foi divulgado na manhã desta segunda-feira (18), mas o número pode aumentar no decorrer do dia. Nesse domingo (17), quase 20 mil imóveis chegaram a ficar sem energia.

Por Victor Ramalho

Ao menos 25 árvores caíram durante o temporal que atingiu Maringá na tarde desse domingo (17). O balanço parcial é da Defesa Civil, divulgado às 06h56 desta segunda-feira (18). De acordo com o órgão, há a possibilidade do número de ocorrências aumentar no decorrer do dia.

Do total de quedas registradas pela Defesa Civil, 12 das árvores caíram sobre casas, quatro sobre automóveis e o restante em vias públicas. Ao todo, seis casas ficaram destelhadas e precisaram receber entregas de lonas pelas autoridades.

O temporal da tarde desse domingo (17), em Maringá, durou apenas alguns minutos, mas foi o suficiente para causar estragos. De acordo com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), foram registrados 12 mm de chuvas e ventos com velocidade de 56 km/h.

Conforme a Companhia Paranaense de Energia (Copel), as quedas de árvores também danificaram postes da rede de energia elétrica. No início da noite de domingo (17), eram quase 20 mil imóveis sem energia em Maringá. Houve também registros de desligamentos na região, com 19 mil imóveis desligados em Sarandi e 5,5 mil em Paiçandu. Desde a noite de domingo, equipes da Copel estão nas ruas realizando as manutenções necessárias.

Como comunicar a falta de energia?

A comunicação sobre falta de luz pode ser feita pelo telefone, mas também por meio do aplicativo para celulares, pelo site www.copel.com e pelo número de WhatsApp 41 3013-8973. Sem internet, o aviso ainda pode ser enviado à Copel por meio de mensagem de texto (SMS) para o número 28593, escrevendo as letras “SL”, de “sem luz”, mais o número da unidade consumidora, que se encontra destacada no cabeçalho da conta de luz.

A Copel lembra que, em ocorrências climáticas como esta, é importante o cuidado com a segurança. A população deve manter distância de locais onde haja fios rompidos ou postes quebrados, e acionar a concessionária através do número 0800 51 00 116.

Foto: Reprodução/Corpo de Bombeiros


Compartilhar