Igreja Católica promove atividades na semana de combate às drogas em Maringá

A Dimensão Sociotransformadora da Evangelização da Arquidiocese de Maringá, as quatro Comunidades Terapêuticas católicas – Casa de Nazaré, MAREV, Recanto Mundo Jovem e Fazenda da Esperança –, a Pastoral da Sobriedade e os Movimentos Amor Exigente e CRISTMA, promovem a semana de mobilização para Prevenção e Combate ao Uso de substâncias de álcool e outras drogas, de 19 a 26 de junho.

O Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) é 26 de junho. Com o tema: “Vida sim, drogas não!”, a proposta da Semana é dar visibilidade aos trabalhos das Comunidades Terapêuticas e dos grupos de Auto e Mútua Ajuda, além de fortalecer as redes de cuidado, como medida prática de apoio às famílias que necessitam de apoio nesta área.

Revista em quadrinhos

Domingo, 19 de junho, às 9h, será lançada uma revista em quadrinhos com o título “Prevenir é melhor do que remediar”. Será às 9h na quadra de esportes do Recanto Mundo Jovem – Estrada Pitanga, em Iguatemi.

A revista, de 72 páginas, foi produzida a partir de um projeto integrador de estudantes de psicologia. O material aborda a necessidade de trabalhar com adolescentes e jovens a prevenção ao uso de drogas. A obra é do padre Adacílio Félix de Oliveira, Anésia Cesar de Andrade, pastor Augusto Ferreira da Luz Júnior, Marcos Paulo Alves Felipe da Silva, Maria do Rosário de Andrade, Sônia Maria de Campos e Wilson Rocha (cartunista).

Mesa redonda

Na terça-feira, 21 de junho, será realizada mesa redonda com a proposta de oferecer aos jovens e às famílias motivos concretos de esperança para auxiliá-los de forma eficaz na prevenção e combate ao uso de drogas. Será no auditório Dona Guilhermina das 19h às 20h30.

De 21 a 24 de junho serão realizadas rodas de conversas nas escolas, com o objetivo de conscientizar os adolescentes e jovens sobre o agravante do uso de entorpecentes.

O encerramento da Semana será dia 26 de junho, domingo, com a Santa Missa às 17h30 na Catedral Metropolitana Basílica Menor Nossa Senhora da Glória. O público presente será convido a se dirigir à área externa da igreja, para um momento de oração e memória das vítimas das drogas. Após este ato, será feita a leitura do Manifesto elaborado pela Dimensão Sociotransformadora da Evangelização da Arquidiocese de Maringá, apresentando as sete expressões da Igreja particular de Maringá que atuam no acompanhamento das famílias, prevenção, recuperação de adolescentes, jovens e adultos em situação de dependência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.