Padre que atendia as freiras que morreram em convento no PR, também morre vítima da Covid 19

7 de setembro de 2021
Padre Jair tinha 47 anos e havia tomado uma dose da vacina/ Foto - Arquidiocese de Curitiba

O Padre Jair Antônio Gorlach, 47 anos, provincial dos Missionáris do Verbo Divino (SVB) morreu neste domingo, 5 de setembro. Ele era um dos padres que prestava atendimento as freiras do convento da Congregação das Irmãs Franciscanas da Sagrada Família de Maria, localizado no Centro de Curitiba, onde foram registradas a morte de religiosas por complicações da Covid-19.

Padre Jair estava internado desde o dia 24 de agosto no Hospital Evangélico Mackenzie. Ele foi enterrado nesta segunda-feira (6), em Toledo, no oeste do Paraná. As informações são do Portal Bem Paraná. Em uma postagem das freiras da Congregação das Irmãs Franciscanas da Sagrada Família de Maria aponta para a possibilidade de que o sacerdote possa ter contraído a doença em um dos atendimentos realizados às religiosas, cuja moradia registrou um surto de Covid.

Elas publicaram um post de pesar pela morte do padre Jair Antônio Gorlach, 47 anos, na página da ordem na rede social Facebook. “Neste momento de dor nos unimos à Congregação dos Missionários Verbitas, bem como à família e amigos do Padre Jair em oração e pedimos ao Deus da Vida que nos fortaleça enquando ainda peregrinamos nesta terra e ao padre Jair conceda o descanso e a luz eterna”, diz a postagem desta segunda-feira, 6 de setembro.

Um outro padre da congregação está no hospital com a doença, segundo a Arquidiocese de Curitiba. O padre Jair Gorlach havia tomado apenas uma das doses da vacina contra o coronavírus.