CRÔNICA – Águas democráticas dos chafarizes da Praça das Pernambucanas de Maringá

Compartilhar

Fechados para manutenção neste fim de semana e com retorno da atração já na terça, os chafarizes da Praça das Pernambucanas representam um ‘balde de água fria’ para quem só falava de Prainha em Maringá

Por Wilame Prado*

O poder das coisas simples é inenarrável, inalienável e imperecível, permeia pelo tempo, décadas, séculos. Um dos sorrisos mais largos do meu filho, no ano de 2023, se deu na Praça Napoelão Moreira da Silva, a famosa Praça das Pernambucanas de Maringá, palco de chafarizes instalados pela Prefeitura de Maringá recentemente. Brincar com água: algo simples e antigo, mas bastante assertivo.

A brincadeira dele consistia, a priori, chegar bem pertinho da água, deixar-se molhar e depois sair correndo. Logo depois, entregou-se de vez ao deleite da molhança, e era difícil tirá-lo do chafariz, ou então convencê-lo de que havia horários específicos para que as águas fossem ligadas novamente, para a alegria de crianças de todas as idades, inclusive pais, mães e avós que não resistiam à refrescância líquida em tempos de temperaturas ladeando os inacreditáveis 40 graus celsius.

Os chafarizes ligados da Praça das Pernambucanas roubaram a cena na Maringá Encantada, campanha de Natal promovida todos os anos pela gestão municipal. Meninas e meninos trocaram o carrossel ou a roda gigante (atrações pagas) pelos chafarizes “gratuitos” – obviamente que houve custo dos cofres públicos para a obra e também para a manutenção. Democráticas, porém, as águas que jorram do chão, uma verdadeira mágica aos olhos do meu menino, um bebê de 3 anos de idade que ainda não tinha tomado nem banho de chuva na vida.

E depois de tanto banho, sorrisos e brincadeiras, os chafarizes serão desligados neste fim de semana, e vai ter muito desavisado chegando na Praça das Pernambucanas querendo brincar com água. O chafariz veio para ficar, graças a Deus. O túnel de água, também! Mas precisa, agora, de manutenção. A diversão, porém, tem data para voltar: após os serviços no local, a Prefeitura de Maringá volta a ligar os chafarizes a partir da próxima terça (24).

Anote os horários de funcionamento: terça a sexta-feira: das 9h às 10h; 12h às 13h; 15h às 16h; 17h30 às 19h; ⁠20h às 21h30. Sábado e domingo: das 9h às 10h; 12h às 13h; 15h às 16h; 17h30 às 19h; ⁠20h às 21h; 22h às 23h. Às segundas, chafarizes desligados para manutenção semanal.

E vida que segue em Maringá, cada vez mais calourenta e com praças convidativas para o convívio familiar – antigamente, a Praça das Pernambucanas estava tomada por muito morador de rua e usuário de drogas. As coisas mudaram por lá! E quem tem chafariz nem quer saber de prainha em Maringá!

Foto: Rafael Macri / PMM

*Wilame Prado atua como repórter e colunista do Maringá Post e editor na RIC Record TV Maringá. No site wilameprado.com, escreve crônicas, contos, reportagens e artigos de opinião.


Compartilhar