Maringá inaugura o ParCão, uma praça para lazer e convivência animal

parcão

A Praça Vereador Malaquias de Abreu, um pequeno espaço triangular entre a Catedral, Instituto Estadual de Educação e próximo também à Câmara de Vereadores, onde outrora foi sede da Associação Norte Paranaense de Reabilitação (ANPR), está sendo transformado em espaço de lazer e conveniência para cães, o ParCão, que será inaugurado neste sábado, 15, às 11 horas.

O Parque dos Animais de Estimação, Parcão, estão chegando com quatro anos de atraso. O projeto original, que seria implantado no Maringá Velho, era para 2018, mas foi postergado por falta de parceiros. Veja AQUI

O ParCão é resultado de um investimento de R$ 257 mil feito pela Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, da prefeitura de Maringá, dinheiro obtido a partir da conversão de multas aplicadas em fiscalizações.

É uma área construída de 426 metros quadrados com 11 aparelhos para recreação dos animais, como rampa, gangorra, passarela, pontos de equilíbrio, túnel, obstáculos, aro e locais para salto em altura e salto em distância.

Cidade cada vez mais amiga dos animais

O secretário de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, Marco Antonio de Azevedo, ressalta que o tratamento dispensado aos animais pela gestão do prefeito Ulisses Maia contribui para que Maringá se posicione com destaque em recorrentes pesquisas nacionais. 

Com o espaço para os animais, Maringá vai se consolidando como Pet Friendly, Cidade Amiga dos Animais.

parcão
Agora Maringá conta com uma praça para as pessoas levarem seus cães para se divertir Foto: Aldemir de Moraes/PMM

Vale lembrar que em 2020 Maringá foi uma das sete cidades brasileiras vencedoras do Prêmio Cidade Amiga dos Animais, premiação organizada pela organização não governamental Proteção Animal Mundial (World Animal Protection), e reconhece as melhores iniciativas governamentais da América Latina no manejo humanitário de populações caninas e felinas. Maringá venceu na categoria ideia inovadora para promoção do bem-estar por meio de ações do manejo de populações de cães e gatos – subcategoria inovação tecnológica.

Mais notícias de Maringá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *