Tecnicos buscam meios para salvar o lago do Parque do Ingá, que está desaparecendo

28 de setembro de 2021
salvar o lago do parque do ingá
O que já foi um dos lagos mais famosos e bonitos do Paraná, caminha para se transformar em uma poça Foto: Luiz de Carvalho

A situação do lago do Parque do Ingá, que já foi um dos principais cartões postais de Maringá e que parece encolher a cada dia depois que as principais nascentes desapareceram, será tema de debate nesta quarta-feira, 29, a partir das 9 horas na Câmara Municipal.

A reunião pública é uma iniciativa da vereadora pedetista Professora Ana Lúcia Rodrigues depois que a situação do lago chamou a atenção por meio de reportagens de TVs, rádios, portais de notícias e jornais. Na semana passada, vários vereadores mostraram preocupação com o futuro do lago, alguns achando até que ele corre o risco de desaparecer se não forem adotadas medidas para a recuperação de seu nível.

A apresentação da questão será feita pela vereadora Ana Lúcia e os debatedores serão o secretário municipal de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, Marco Antonio Lopes de Azevedo, o biólogo Rogério Lima, da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal de Maringá, coordenador geral da equipe de elaboração da Revisão do Plano de Manejo do Parque do Ingá, Marcos Bento Verhagem, membro da Comissão de Direito Ambiental da OAB Maringá, representante do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Maringá (Comdema), Luand Piassa, engenheiro geólogo da Secretaria de Meio Ambiente, e o gerente geral da Sanepar para a região noroeste do Paraná, Sérgio Augusto Portela.

O debate é aberto ao público, embora no interior do Câmara seja limitada a quantidade de pessoas devido às medidas de prevenção ao coronavírus. Mas, é possível acompanhar as palestras pela internet no

facebook.com/camaramunicipalde.maringa e no

youtube.com/tvcamaramaringa.