Direção de asilo de idosos de Maringá contesta decisão judicial que afastou a diretoria

Por: - 7 de julho de 2021
asilo de idosos de Maringá
Idosos atendidos pela institujição durante uma missa celebrada nas dependências do asilo

A Sociedade de São Vicente de Paulo, que dirige o principal asilo de idosos de Maringá, divulgou uma Nota Oficial sobre a decisão da Justiça que afastou a atual diretoria e determinou intervenção na entidade, passando à prefeitura a obrigação de dirigi-la temporariamente, até que seja definida uma nova diretoria.

A nota, publicada na página da entidade no Facebook, é a seguinte:

“Presente no Brasil há 149 anos, a Sociedade de São Vicente de Paulo foi responsável pela direção do Asilo São Vicente de Paulo em Maringá por 37 anos, oferecendo assistência de qualidade, com respeito às normas sanitárias vigentes ao longo de todo o período, prezando pelo máximo cuidado com os idosos ali residentes.

A ação ajuizada pelo Ministério Público de Maringá não descreve os atos já realizados pela diretoria do Asilo São Vicente de Paulo no atendimento às demandas exigidas pela Vigilância Sanitária de Maringá. Ainda, quanto aos prazos requisitados para cumprimento das necessidades e adequações de maior vulto financeiro, estes se mostraram exíguos diante da atual capacidade do Asilo para geração de recursos.

No período de julho a novembro do ano de 2020, em virtude da crise sanitária sem precedentes na história recente do país e do mundo, o Asilo São Vicente de Paulo de Maringá sofreu com a contaminação de idosos residentes e com o falecimento de sete deles. A SSVP reitera que, à época, foram tomados todos os cuidados disponíveis para prevenção do contágio e tratamento dos pacientes infectados, sempre de acordo com as orientações de segurança normatizadas pelas Secretarias de Saúde Municipal e Estadual, para um grupo considerado vulnerável e de risco”.

asilo de idosos de Maringá
Os idosos do Asilo São Vicente de Paulo durante visita à Expoingá

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.