Boletim semanal registra 55 novos casos de dengue em Maringá

Por: - 27 de abril de 2021
dengue
A cidade contabiliza 247 casos da doença e uma morte desde o início do período epidemiológico / Agência Brasil

Maringá registrou 55 novos casos de dengue no boletim semanal divulgado nesta terça-feira (27/4) pela Secretaria de Estado da Saúde. A cidade contabiliza 247 casos da doença e uma morte desde o início do período epidemiológico, em agosto de 2020. Na semana anterior, o informe apontava 192 casos confirmados.

No Paraná, foram registrados 1.967 novos casos confirmados de dengue. O Estado soma agora 11.876 confirmações para a doença desde o início do período epidemiológico.

O boletim registra uma morte por dengue nesta semana em Londrina. A vítima é uma mulher de 67 anos, sem comorbidades. A morte ocorreu em 29 de março.

O período contabiliza 19 óbitos: 6 pessoas residiam em Londrina, 3 em Foz do Iguaçu, 2 em Paranaguá, 2 em Cambé, e mais um óbito nos municípios de Paraíso do Norte, Santo Antônio do Caiuá, Maringá, Apucarana, Alvorada do Sul, e Assaí.

Índice de infestação é de 1% em Maringá

Na quinta-feira (22/4), a Secretaria de Saúde de Maringá apresentou o 2º Levantamento do Índice de Infestação do Aedes Aegypti de Maringá (Lira) do ano. O índice de infestação predial do mosquito da dengue é de 1%, considerado risco médio. Por um décimo, o município não se encontra com risco baixo. O levantamento se refere ao período de 5 a 9 de abril deste ano.

No primeiro Lira do ano, apresentado em fevereiro, o índice de infestação do mosquito da dengue era de 2,2%, também considerado risco médio. Segundo o Ministério da Saúde, o índice é considerado satisfatório quando fica abaixo de 1% e situação de alerta quando está no intervalo entre 1% e 3,9%. Há risco de surto quando é igual ou superior a 4%.

Paraná confirma primeiro caso de paciente com Covid-19 e dengue

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou por meio de exames de biologia molecular realizados pelo Laboratório Central do Paraná (Lacen-PR) e Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP) o primeiro caso de paciente com Covid-19 e dengue ao mesmo tempo. Os exames confirmaram co-detecção pelos vírus Sars-CoV-2 (Covid-19) e Denv-2 (dengue sorotipo 2).

A co-detecção foi confirmada em paciente do sexo masculino, de 31 anos, residente no município de Ortigueira, área da 21ª Regional de Saúde, de Telêmaco Borba. O paciente foi internado para o tratamento da Covid-19, mas concomitantemente foi realizada coleta de amostra para exame da dengue, que também positivou, porém sem sintomas de agravamento, para a segunda doença. O homem já teve alta hospitalar e está bem.