Recuperados da Covid-19 podem doar sangue após 30 dias

Por: - 29 de março de 2021
doar sangue
Apesar da queda no número de doadores, as transfusões de sangue não diminuíram durante a pandemia / Divulgação UEM

Todas as pessoas que contraíram Covid-19 podem doar sangue, se respeitarem um período mínimo após a melhora completa dos sintomas. Para que estejam habilitadas à doação, é necessário que aguardem 30 dias depois que todos os indicativos da doença tenham desaparecido.

“É importante destacar que o espaço físico do Hemocentro, desde a recepção, salas de triagem até a coleta, estão preparados para atender o doador com segurança, pois estamos seguindo todas as recomendações sanitárias. Além disso, o agendamento auxilia a distribuir os doadores de forma a não aglomerarem ou virem todos no mesmo horário”, ressalta a diretora do Hemocentro Regional de Maringá, Márcia Momesso.

Segundo ela, a doação voluntária de sangue é essencial para continuar atendendo pacientes com diferentes patologias ou ainda aqueles que sofreram acidentes, como os de trânsito. “Temos transfusões agendadas periodicamente de pacientes hematológicos do nosso ambulatório e também temos que atender os hospitais conveniados que solicitam transfusões para os atendimentos de urgência e emergência que inclusive não diminuíram na pandemia.”

Queda no número de doadores

Uma das consequências do aumento de casos de Covid-19 foi a queda do número de doadores no hemocentro. Em uma situação diferente da que estamos vivenciando no momento, a quantidade de pessoas que doam sangue é cerca de 1.200 por mês. Em janeiro deste ano foram coletadas 801 bolsas e em fevereiro a quantidade caiu para 740 coletas.

Doação após a vacinação

Candidatos a doação de sangue que foram imunizados contra Covid-19 devem aguardar um período para poder doar. Este tempo de inaptidão é necessário considerando que o uso de vacinas pela pessoa doadora pode comprometer a segurança dos receptores do sangue e hemocomponentes ou interferir em testes laboratoriais realizados em amostras obtidas na doação.

Aqueles que receberam a vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac devem aguardar um período de 48 horas. Já o tempo de inaptidão para as pessoas vacinadas com o imunizante da AstraZeneca/Oxford, produzido no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), é de sete dias.

Os doadores poderão comparecer ao Hemocentro de segunda a sexta-feira das 7h às 18h30 ou aos sábados das 7h às 12h30. Para realizar a doação de sangue, o interessado pode acessar o site e agendar seu horário. Lembrando que para fazer o procedimento é necessário ter entre 16 e 69 anos de idade e apresentar um documento de identificação com foto. Jovens de 16 e 17 anos devem estar acompanhados pelo responsável legal.

O Hemocentro Regional de Maringá está localizado na Avenida Mandacaru, nº 1600. Mais informações pelos telefones (44) 3011-9400 e 3011-9151.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.