Indefinição de local de prova preocupa vários estudantes às vésperas do Enem

15 de janeiro de 2021
Enem
Alunos não têm local de prova definidos/ Reprodução

Nesse domingo (17/1) acontece a aplicação da primeira prova impressa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os locais, onde serão aplicadas as provas, foram publicados no dia 5 de janeiro deste ano, na Página do Participante.

No entanto, a página de alguns estudantes não informa o local da prova do Enem. Diversos jovens têm usado o Twitter para protestar contra a falta de informação.

No Paraná, a presidente da União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES), Taís Carvalho, informou ao Maringá Post que houve uma denúncia de uma estudante de São José dos Pinhas, na região metropolitana de Curitiba. Veja a mensagem enviada pela jovem

“Boa tarde gente. Sei que não é o foco do grupo. Mas algum de vocês, que vai prestar o Enem, conseguiu acessar o local da prova? Desde o dia 5 está disponível e eu ainda não consegui acessar, não sei se alguém está com o mesmo problema?”, questionou.

Em Salvador, na Bahia, Taiana Helen Souza Viana e o irmão, Gabriel Souza Viana, continuam sem saber onde realizarão o exame. Desde a divulgação dos locais de prova, no dia 5 de janeiro, apenas a mensagem “Aguarde a confirmação do seu local de prova. Efetue nova consulta nos próximos dias”, aparece na Página do Participante, espaço de informações sobre o exame para os estudantes.

“A gente se sente de pés e mãos atadas porque é bem capaz de chegar o dia da aplicação e ficarmos prejudicados porque não conseguimos ver o local de prova”, questionam os jovens. “Até porque não tem nada que a gente possa fazer pra conseguir saber o nosso local e sei que não somos só nós. Outros estudantes estão passando pelo mesmo problema”, dizem os irmãos.

Em Indiara, no interior de Goiás, a mãe de Jefferson Carvalho procurou as redes sociais para desabafar sobre a situação, “Mais alguém sem o local de prova pro domingo? Meu filho até agora não sabe onde será a prova do Enem”.

“A prova não é aplicada em nossa cidade, então, ainda temos que nos preocupar com o deslocamento, como não sabemos em qual cidade será, não sabemos também o custo em relação ao deslocamento’, explica a mãe de Jefferson.

Em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, Everton de Souza Faria conta que se sente lesado por não ter a informação do local do exame e diz “poxa, fico um tempo considerável estudando pra no final acontecer isso”.

A equipe do Maringá Post entrou em contato com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), mas não obteve respostas até o fechamento desta matéria.

O Enem e o caminho do financiamento

O exame que avalia o desempenho do estudante, também colabora com o acesso à educação superior através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (Prouni) e Instituições portuguesas. Ainda, por meio do Enem, o aluno tem a chance do financiamento do estudo particular com o Fies e o Prouni.

Em Maringá, os alunos têm mais uma oportunidade de financiar os estudos, há na cidade o Programa Municipal de Bolsas de Estudos (Promube) da prefeitura do município.

Para o Prouni, a primeira prova impressa do Enem vai ser aplicada neste domingo (17/1) e a segunda prova será aplicada no domingo (24/1). A prova digital vai ser aplicada nos dias 31 de janeiro de 2021 e 7 de fevereiro de 2021. A reaplicação do exame acontecerá nos dias 23 e 24 de fevereiro deste ano.

O exame é composto por quatro provas objetivas, com 45 questões cada. As provas são de Linguagens, códigos e suas tecnologias; Ciências humanas e suas tecnologias; Ciências da natureza e suas tecnologias e Matemática e suas tecnologias.

Além disso, o estudante terá de realizar uma redação, de no máximo 30 linhas, com o gênero dissertativo-argumentativo. O desenvolvimento do texto deverá seguir uma situação-problema proposto no enunciado do exame.

Confira aqui as regras para o Enem de 2019 e que se repetem para o exame de 2020. São informações sobre o que pode ou não levar para o local da prova e a exigência de uso da caneta preta.