Sábado tem mais 147 casos positivos em Maringá e loja da Havan é interditada pela fiscalização

Por: - 5 de dezembro de 2020
Loja da Havan no centro descumpriu decreto da prefeitura, abriu as portas neste sábado e acabou interditada / Divulgação PMM

O boletim do novo coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde de Maringá na tarde deste sábado (5/12) traz o registro de 147 casos da doença. No boletim, não houve a confirmação de nenhum óbito provocado pela doença. Desde o início da pandemia, 219 pessoas morreram por causa do novo coronavírus na cidade.

As informações sobre a evolução da Covid-19 em Maringá podem ser acessadas aqui no site oficial de divulgação da Secretaria de Saúde.

Durante a manhã deste sábado (5/12) as equipes de fiscalização da prefeitura saíram às ruas e constataram que a loja da Havan descumpria o decreto baixado pelo município. Por funcionar irregularmente, a Havan foi interditada.

Em relação a ocupação dos leitos gerais de UTI do SUS, o índice que estava em 72,59% nesta sexta-feira, subiu para 74,07% neste sábado. Dos leitos do SUS de UTIs exclusivos para a Covid-19, a ocupação está em 67,69%, abaixo dos 72,31% da sexta-feira. E dos leitos de UTIs geral em hospitais privados o índice neste sábado é de 87,23%, abaixo dos 92,55% de sexta-feira (4/12).

A partir deste domingo (6/12), a prefeitura informou que o atendimento a quem tiver sintomdas da Covid-19 vai ser realizado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Sul. Acesse aqui para ter mais informações. Até sexta-feira (4/12), os atendimentos aos pacientes com sintomas da Covid-19 eram centralizados na UPA da zona Norte.