Radares fixos de velocidade e equipamentos de avanço de sinal serão instalados em agosto na Avenida Colombo

Por: - 29 de julho de 2020
Previsão é que radares fixos de velocidade estejam funcionando no final de agosto / Aldemir de Moraes / PMM

Até o final de agosto, a previsão é que 12 radares fixos de velocidade entrem em funcionamento na Avenida Colombo, trecho urbano da BR-376, em Maringá. Vão ser autuados os motoristas e motociclistas que não respeitarem o limite de 60km/h.

Antes disso, na primeira quinzena do mês, pelo menos nove equipamentos de avanço de sinal e parada sobre a faixa começam a funcionar na via. A previsão é do secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur. 

A lista da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) com os locais dos equipamentos, obtida pela Maringá Post, revela que são 12 radares fixos de velocidade (veja a relação abaixo). Além disso, a relação mostra mais dois radares que serão instalados na Avenida Carlos Correia Borges.

Os locais onde seriam instalados inicialmente os 10 radares fixos foram divulgados em maio. No entanto, o município informou na época que, devido à pandemia do novo coronavírus, não havia data prevista para a instalação dos equipamentos. 

“A fábrica precisava comprar componentes e no início da pandemia tinha dificuldades para realizar as importações. Agora isso tudo já foi superado e normalizado”, explicou o secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur. 

O tráfego de veículos na Avenida Colombo passou a ser fiscalizado pelo município, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a partir de um convênio assinado em janeiro de 2020. O novo convênio apenas regulamenta a divisão de responsabilidades em relação à fiscalização. Os boletins de acidentes são feitos pela PRF e a manutenção do asfalto permanece sob responsabilidade da concessionária Viapar. 

Para a instalação dos radares fixos, a prefeitura realizou um terceiro aditivo no contrato de prestação de serviços com a Tecdet Tecnologia em Detecções Comércio Importação e Exportação, de Bragança Paulista (SP), com acréscimo de R$ 365.961,60. 

O município assinou em abril contrato com Eletrosinal Tecnologia, com sede em Maringá, para operacionalização e manutenção de 119 faixas de monitoramento, distribuídas por 54 equipamentos de controle de avanço de sinal e parada sobre faixa de pedestre na cidade. O contrato é válido para o período de um ano com valor total de R$ 3,9 milhões, com custo de R$ 2.790 por mês por cada faixa. 

Veja os locais dos radares fixos de velocidade na Avenida Colombo

  • Avenida Colombo, 9161 – Próximo ao Moinho Vermelho (sentido Sarandi)
  • Avenida Colombo, 8800 – Próximo ao Moinho Vermelho (sentido Paranavaí)
  • Avenida Colombo, 6948 – Entre as avenidas Paraná e Mandacaru (sentido Iguatemi)
  • Avenida Colombo, 7177 – Entre as avenidas Mandacaru e Paraná (sentido Sarandi)
  • Avenida Colombo, 6142 – Entre as avenidas Duque de Caxias e Paraná (sentido Iguatemi)
  • Avenida Colombo, 6377 – Entre as avenidas Paraná e Duque de Caxias (Sarandi)
  • Avenida Colombo, 4832 – Entre as avenidas Pedro Taques e Morangueira (Sentido Iguatemi)
  •  Avenida Colombo, 4907 – Entre as avenidas São Paulo e Pedro Taques (sentido Sarandi)
  •  Avenida Colombo, 3114 – Entre as avenidas Tuiuti e Pedro Taques (sentido Iguatemi)
  • Avenida Colombo, 3361 – Entre as avenidas Pedro Taques e Tuiuti (sentido Sarandi)
  • Avenida Colombo, BR 376, km 180 + 800 m
  • Avenida Colombo, BR 376, km 181 + 200 m

Locais de fiscalização eletrônica de avanço de semáforo e parada sobre a faixa

  • Avenida Colombo X Rua Vereador Arlindo Planas, oeste – leste
  • Avenida Colombo X Rua Vereador Arlindo Planas, leste – oeste
  • Avenida Colombo X Rua Sant’Ana, oeste – leste
  • Avenida Colombo X Rua Sant’Ana, leste – oeste
  • Avenida Colombo X Avenida Paraná , leste – oeste
  • Avenida Colombo X Rua Professor Lauro Eduardo Werneck, leste – oeste
  • Avenida Colombo X Avenida Morangueira, leste – oeste
  • Avenida Colombo, nº 2680, leste – oeste
  • Avenida Colombo, nº 102, leste – oeste

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.