Reforma da Passarela da Moda começa na próxima semana. Obra vai custar R$ 344 mil

Por: - 17 de julho de 2020
Previsão é que a as obras sejam concluídas em novembro deste ano / PMM /Mileny Melo

O Portal da Moda José Alves, conhecido popularmente como Passarela da Moda, passará por reforma a partir de segunda-feira (20/7). As obras vão custar R$ 344 mil e a previsão é que sejam finalizadas em novembro deste ano. A informação foi divulgada pela Prefeitura de Maringá nesta sexta-feira (17/7).

A passarela, no quilômetro 104 da PR-317, liga shoppings atacadistas de confecções que ficam nas duas extremidades da rodovia. O equipamento tem 40 metros de extensão em vão livre sobre a rodovia e 5,5 metros de altura.

A licitação para reforma do local foi publicada em dezembro do ano passado com valor máximo de R$ 472.485,30. A empresa Proec Construtora de Obras foi a vencedora do certame com proposta de R$ 344.305,27. A homologação do resultado foi publicada em 21 de janeiro deste ano, mas a ordem de serviço, que autoriza o início das obras, foi assinada nesta semana.

A reforma vai recuperar a passarela, inaugurada em 2007. No início, a Associação de Lojistas ficou responsável pela manutenção do local, mas acabou devolvendo o equipamento para a Prefeitura de Maringá. No entanto, a passarela não recebeu manutenção e está depredada, com lixo no local, pichações e instalação elétrica parcialmente danificada.

Segundo a Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide), a região é valorizada com novos investimentos. Recentemente, um posto de combustíveis foi inaugurado e o Parque Industrial Felizardo Meneguetti tem novas empresas instaladas. Além disso, os passageiros do Aeroporto Regional de Maringá, que chegam ou saem da cidade, passam pela passarela.

“Estamos recuperando um importante ponto numa entrada da cidade e instrumento que facilita trabalho de muitas pessoas na região”, avalia o secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide), Rafael Silva.

O Portal da Moda José Alves foi inaugurado em 20 de julho de 2007 por meio de uma parceria entre o município e os governos federal e estadual. Na época, a passarela recebeu recursos do Ministério do Turismo como incetivo ao setor do vestuário. O nome do equipamento é uma homenagem ao empresário e mentor da obra, José Alves, que foi atropelado e morreu no local em 2006.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.