Hospital Universitário de Maringá ativa 10 novos leitos de UTI para pacientes com Covid-19

Por: - 19 de maio de 2020
Na foto, da esquerda para a direita, o vice-reitor da UEM Ricardo Silva; o reitor Julio Damasceno; a superintendente do hospital Elisabete Kobayashi e o chefe de Gabinete da Reitoria, Alessandro Rocha / Foto: Divulgação

Após pouco mais de dois anos, desde que foi inaugurada vazia no final do governo Cida Borghetti (PP), a nova ala do Hospital Universitário Regional de Maringá (HUM) ativou dez novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A ala conta com capacidade para 108 leitos de atendimento exclusivo para pacientes com Covid-19.

Parte dos monitores, ventiladores e respiradores instalados  foram repassados pelo governo federal. Outra parte dos equipamentos vieram pela Secretaria de Saúde do Paraná.

Alem desses dez novos leitos, outros dez leitos de UTI aguardam profissionais e infra-estrutura para serem disponibilizados em uma fase seguinte. Para ativação plena dos 108 leitos, ainda falta esses dez novos leitos de UTI e outros 88 de enfermaria.

Segundo a superintendente do Hospital Universitário, Elisabete Kobayashi, para ativar os leitos restantes é necessário a contratação de recursos humanos, compra de equipamentos e mobiliários.

Os recursos financeiros necessário para a ativação total serão repassados pelo governo do estado. O convênio foi assinado no incio do mês pelo governador Ratinho Junior (PSD). No total, serão repassados R$ 15,3 milhões para o hospital.

Em um período de seis messes, R$ 7,8 milhões serão exclusivos para criação e manutenção dos 20 leitos de UTI e 88 de enfermaria. Outros R$ 7,5 milhões serão repassados para compra de equipamentos, mobiliário e materiais médicos para atuar no enfrentamento da Covid-19.

A nova ala entrou em funcionamento e recebeu na primeira semana de maio o primeiro paciente com o novo coronavírus. Segundo a superintendente, foi um “momento muito emocionante para toda a equipe”, que desde março vem trabalhando com pacientes da Covid-19 na ala antiga do hospital.

A nova área do HUM foi criada para funcionar como a Clínica para Adultos do hospital. São mais de 8 mil m² de área e 108 leitos. Após o término da pandemia, estes novos leitos serão integrados à rotina do hospital. A perspectiva é que o espaço possa dobrar a capacidade de atendimento.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.