Prefeitura libera funcionamento de alguns serviços em Maringá. Confira o que fica permitido

Por: - 6 de abril de 2020
Estabelecimentos de manutenção de veículos estão autorizados a funcionar em Maringá / Agência Sebrae de Notícias

A Prefeitura de Maringá vai autorizar a retomada de algumas atividades na cidade a partir de terça-feira (7/4). Apesar disso, os serviços autorizados devem manter regras de higiene e distanciamento social. Medidas como o fechamento do comércio e toque de recolher continuam mantidas. Veja os serviços que ficam permitidos:

  • Manutenção de veículos, como oficinas mecânicas, auto socorros, borracharias, bicicletarias e congêneres;
  • Empresas que comercializam autopeças e demais produtos utilizados na manutenção de veículos ficam autorizadas a atender exclusivamente por delivery;
  • Clínicas e consultórios médicos em geral, incluindo as clínicas médicas especializadas ao atendimento do transtorno do espectro autista, consultórios odontológicos, de fisioterapia e de psicologia;
  • Clínicas veterinárias e pet shops poderão realizar, além das atividades permitidas anteriormente, banhos medicamentosos de animais e outros procedimentos indicados por profissional da área exclusivamente por delivery, devendo o estabelecimento manter as portas fechadas para o público presencial;
  • Comércio eletrônico, através de plataformas digitais e televendas;
  • Coleta de entulhos e resíduos;
  • Roçadas e limpezas de terrenos em geral.

Todos os serviços devem funcionar de segunda-feira a sexta-feira das 8h às 18h, com exceção das clínicas médias que devem atender das 9h às 17h.

A retomada dos serviços foi anunciada pelo prefeito Ulisses Maia (PDT) em coletiva de imprensa na manhã de segunda-feira (6/4).O decreto, publicado nesta segunda, estabelece que os estabelecimentos devem seguir medidas de higiene e distanciamento social.

Os serviços de manutenção de veículos devem implementar controle de acesso para impedir a aglomeração de pessoas nos estabelecimento, priorizando trabalho interno e com agendamento prévio.

As  recepções de clínicas e consultórios médicos em geral devem respeitar a distância mínima de dois metros entre os pacientes. As consultas deverão ser pré-agendadas por telefone e mensagem eletrônica, exceto em casos emergenciais.

O comércio eletrônico, por meio de plataformas digitais e televendas, deve manter os locais de trabalho com 50% do efetivo por turno e a distância miníma de dois metros entre os trabalhadores.

Durante a coletiva de imprensa, o prefeito Ulisses Maia informou que as medidas de isolamento social continuam mantidas na cidade. Ele também disse que a retomada das atividades deve ocorrer de forma gradativa.

“As atividades normais [não essenciais], não voltam tão cedo. Nosso decreto é de 30 dias e o que estamos fazendo, desde a semana passada, conversando com vereadores e demais segmentos da cidade, é a retomada gradativa e segura. Não dá para retomar tudo de uma vez”, afirmou Maia.

O prefeito comentou a decisão judicial que liberou a abertura das lojas de conveniência dos postos de combustíveis em Maringá. “Decisão judicial a gente respeita, mas é lamentável que haja a liberação de uma loja de conveniência. Não há nada de emergencial na loja de conveniência que não possa ser comprado em uma farmácia ou supermercado, que estão abertos.”

De acordo com Ulisses Maia, a prefeitura pretende publicar um decreto para estender a paralisação das atividades além da sexta-feira (10/4), que é feriado. O objetivo é suspender atividades na cidade no sábado (11/4) e domingo (12/4).

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.