Prefeito diz em live que não tem previsão para abrir comércio em Maringá. Aulas voltam só em maio

Por: - 1 de abril de 2020
O prefeito recorreu da decisão do Tribunal de Contas e aguarda o julgamento do recurso / Arquivo Maringá Post

Por meio de uma live nas redes sociais, o prefeito Ulisses Maia (PDT) anunciou que as escolas e comércio em Maringá não têm previsão de retorno.

Sobre o boletim diário do coronavírus, Maia afirmou que são “784 casos notificados, com 39 adultos e 14 crianças internados. Foram descartados 211 casos e 19 confirmados”.

A divulgação nesta quarta-feira (1/4) do boletim de Maringá foi antecipada na live do prefeito, que respondeu a perguntas de pais e empresários.

“Para quem esta perguntando, o Secretário da Educação anunciou hoje (1/4) que as aulas não devem voltar até pelo menos 30/4, veja bem, pelo menos”, disse o prefeito frisando a ultima palavra.

Em meio a dezenas de comentários questionando a volta às aulas , o prefeito argumentou que o Governo do Estado está preparando um programa de aulas online para a rede pública de educação. E ressaltou também que em Maringá tem atividades online.

“Nossas crianças dos CMEIs e das escolas estão recebendo pelo site da prefeitura atividades e trabalhos para fazerem em casa”, disse o prefeito em meio a agradecimentos às diretoras das escolas municipais.

Outra grande incerteza que rondou os mais de quatro mil espectadores da live com o prefeito, foi a reabertura do comércio em Maringá. “Tem muita pergunta aqui sobre o comercio. Veja bem, nos vamos planejar a retomada, pla-ne-jar a retomada. Não dá para voltar da noite pro dia”, declarou o prefeito.

Seguindo as recomendações do Ministério Público do Trabalho, Maia argumentou que só vai abrir o comércio em Maringá perante estudo técnico que permita a abertura. “Nos estamos tomando medidas técnicas. Não sai da minha cabeça, abre isso ou fecha aquilo.”

Segundo o prefeito, o transporte público é o primeiro passo que deve ser repensado na abertura gradual, defendida por um suposto planejamento. Atualmente o transporte público de Maringá carrega 10 mil pessoas para atender a trabalhos essenciais. Em um dia normal, o fluxo de pessoas no transporte público chega a 140 mil.

Para Maia, quem defende a abertura imediata do comercio sem planejamento prévio defende a morte do trabalhador. “Não queremos prejudicar alguém, ou beneficiar alguém. Queremos proteger a vida do maringaense”, disse Maia.

Sobre a reabertura de padarias e açougues em Maringá, Maia disse que não pode fazer nada. “Estamos respeitando uma decisão do Tribunal de Justiça. O sindicato fez uma ação aqui para conseguir reabrir e perdeu. Foi até a 2ª instância em Curitiba e ganhou. Só estamos cumprindo a lei”, declarou.

Prefeito comenta medidas sociais para incentivar comerciantes durante isolamento social

Aos preocupados com o sustento familiar no período de crise, o prefeito comentou sobre as ações sociais tomadas pelo governo municipal e federal. No âmbito federal, Maia destacou três medidas provisórias sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro.

A medida trabalhista, que deve injetar até R$ 58 bilhões para assegurar o emprego ao trabalhador com socorro ás empresas. A medida de crédito, orçada em R$ 34 bilhões, para promover crédito facilitado ao empresário, e por fim, R$ 16 bilhões para socorres estados e municípios em situação de emergência.

Maia reforçou também a medida do voucher no valor R$ 600. O benefício será entregue para pessoas sem renda ou trabalhadores informais, como ambulantes, vendedor de pipoca, sorvete e outro produtos. Quem tem MEI, bolsa família ou outro programa de assistencialismo também deve receber o pagamento do governo. Mais detalhes de como funcionará o credencialmente ainda não foi divulgado pelo governo federal.

Com a mesma linha de pensamento do voucher promovido pelo governo, o município realiza a doação de um cartão mercado, no valor de R$ 90, e doação de cesta básica para pessoas cadastradas na Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc).

Assista abaixo à live do prefeito Ulisses Maia.

Olá. pessoal. Por decisão do Tribunal de Justiça, houve algumas mudanças em relação ao funcionamento das padarias, açougues e peixarias da cidade. Acompanhem a live para saber como será a reabertura desses estabelecimentos. Vou esclarecer dúvidas e explicar as decisões, como sempre tenho feito com muita transparência e responsabilidade! #MARINGACONTRACOVID19

Posted by Ulisses Maia on Wednesday, April 1, 2020

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.