Aulas nas escolas públicas e particulares ficam suspensas a partir de sexta no Paraná

Por: - 16 de março de 2020
Imagem ilustrativa / cdc.gov

O governador Ratinho Junior anunciou no final da tarde desta segunda-feira (16/3) que as aulas nas escolas públicas e particulares vão ser suspensas a partir de sexta-feira (20/3) no Paraná. A medida também vale para as universidades estaduais e particulares.

A Secretaria de Estado da Saúde monitora atualmente 85 casos suspeitos. Em Maringá, há cinco casos suspeitos. Permanece em seis o número de casos confirmados no Estado. Os pacientes seguem em isolamento domiciliar, sem alterações no quadro clínico.

Newsletter Briefing
O que aconteceu de importante em Maringá, todo início de noite no seu email.
Saiba mais ou cadastre-se:

Segundo o Governo do Paraná, as medidas reduzem as possibilidades de contato entre as pessoas para conter a propagação do vírus, determinam ações específicas no âmbito da Saúde, ampliam a proteção a servidores incluídos em grupos de risco e fortalecem ações nas fronteiras do Estado. Uma página foi criada na internet com orientações.

A partir desta segunda-feira (16/3), ficam suspensas as visitas a teatros, cinemas, bibliotecas, museus e outros eventos artísticos e culturais, por tempo indeterminado.

As visitas a hospitais, penitenciárias e centro de socioeducação, também vão ser suspensas por tempo indeterminado.

Também fica suspensa a realização dos eventos públicos ou particulares, de qualquer natureza, com reunião de público acima de 50 pessoas.

Além disso, vão ser suspensas as férias e licenças de servidores da Secretaria da Saúde, da Secretaria da Segurança Pública e Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, a partir de segunda-feira (23/3). Ficam dispensados, sem prejuízo na remuneração, todos os estagiários no âmbito da administração direta, autárquica e fundacional do Estado.

A Secretaria da Fazenda fará contingenciamento do orçamento para que os esforços financeiro-orçamentário sejam redirecionados para a prevenção e combate do Covid-19.

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) estudará a possibilidade de direcionar sua linha de produção para fabricação de álcool em gel a ser adquirido pela administração direta e indireta do Poder Executivo.

A administração direta, autárquica e fundacional do Estado deverá disponibilizar álcool em gel em todas as repartições públicas.

Os órgãos e entidades da administração pública estadual deverão aumentar a frequência de limpeza dos banheiros, elevadores, corrimãos e maçanetas, além de instalar dispensadores de álcool em gel nas áreas de circulação e no acesso às salas de reuniões.

O Estado poderá adotar as seguintes medidas: isolamento, quarentena, exames médicos, testes laboratoriais, coleta de amostras clínicas, vacinação e outras medidas profiláticas, tratamentos médicos específicos e estudos ou investigação epidemiológica.

Os órgãos e entidades da administração pública estadual e municipal deverão compartilhar dados essenciais à identificação de pessoas infectadas ou com suspeita de infecção, assim como as pessoas jurídicas de direito privado quando os dados forem solicitados por autoridade sanitária.

As secretarias de Saúde, Agricultura e Segurança Pública vão desenvolver operação nas fronteiras do Estado para orientação, averiguação e monitoramento da movimentação de pessoas nos limites geográficos estaduais.

Acesse aqui e veja mais detalhes. Em Maringá, as aulas ma rede municipal passam a ser facultativas. A preocupação com o coronavírus também provocou o cancelamento de vários eventos como a Prova Rústica Tiradentes e a encenação da Paixão de Cristo.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.