Servidores municipais de Maringá esperam contraproposta da prefeitura a pedido de aumento de 14,11%

Por: - 9 de março de 2020
Servidores Municipais de Maringá aguardam contraproposta de reajuste salarial/ Phill Natal/Sismmar

O Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar) vai receber nesta terça-feira (10/3), a contraproposta da prefeitura sobre o pedido de reajuste salarial e de benefícios. As reivindicações da categoria chegam a mais de 70 pautas especificas e tem como prioridade o reajuste de 14,11% no salário, aumento no vale-alimentação para R$ 500 e outros dez pontos gerais.

A presidente do Sismmar, Priscila Guedes da Luz, conta que não tem expectativas sobre a proposta da prefeitura, mas espera que seja repassado ao trabalhador no mínimo a devolutiva no poder de compra. “Estamos apenas aguardando a proposta da prefeitura e esperando que prevaleça o bom senso da administração. Esperamos a proposta com muito entusiasmo”, declara a presidente do sindicato.

O pedido de reajuste foi apresentado à administração municipal na primeira reunião da mesa de negociação, realizada na segunda-feira (2/3), no Paço Municipal. Na ocasião, o prefeito Ulisses Maia (PDT) esteve representado pelo chefe Gabinete, Domingos Trevizan.

Como base das reivindicações, o sindicato apresentou dados do Instituto Latino Americano de Estudos Socioeconômicos (Ilaese), onde segundo os cálculos, a Prefeitura de Maringá tem plenas condições de conceder os pedidos feitos pela categoria.

Após o término da reunião, o Sismmar apresentou parecer de “pé no chão” a respeito do que ainda tem por vir. O entendimento do sindicato é de que avanços só virão com o engajamento efetivo dos servidores durante a campanha pelo reajuste salarial.

“Sabe quando o prefeito vai dar atenção para nossas pautas? Quando essa assembleia estiver lotada, quando a categoria demonstrar interesse”, declarou Priscila Guedes após o término da apresentação dos pedidos à prefeitura na segunda-feira (2/3).

Após a apresentação da contraproposta, que está programada para esta terça-feira (10/3), o sindicato vai se reunir em assembleia para apreciar a oferta da Prefeitura de Maringá.

Durante a campanha de reajuste salarial do ano passado, o Sismmar rejeitou a primeira proposta de reajuste oferecida pela prefeitura. Na ocasião foi oferecida somente a correção da inflação.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.