Após alagamento na área administrativa, Parque do Japão reabre à visitação na noite desta sexta

Por: - 20 de dezembro de 2019
Parque do Japão em Maringá/ Divulgação/PMM

A chuva de quinta-feira (19/12) causou alagamentos na área administrativa do Parque do Japão. A Prefeitura de Maringá, por meio da assessoria de imprensa, informou que o sistema de galerias pluviais do entorno do parque não suportou o volume de chuva.

A enxurrada também rompeu área de contenção e avançou sobre as lagoas, deixando a água bastante turva, mas sem risco para as carpas. Para consertar os estragos, o Parque do Japão ficou fechado ao público durante a manhã e a tarde desta sexta-feira (20/12). O espaço foi reaberto por volta das 18h30.

Durante o dia, foram feitos reparos na iluminação natalina e limpeza das áreas afetadas pela chuva. Segundo o município, Servidores da Secretaria de Serviços Públicos foram ao parque fazer a limpeza e prepararam o local para ser reaberto no final do dia.

De acordo com a Defesa Civil de Maringá, a chuva no início da noite de quinta-feira causou alagamento de vias e provocou a queda de cinco árvores na cidade. Na Avenida Morangueira, a queda de uma árvore deixou a avenida sem energia.

O muro da escola municipal Odete Ribaroli Gomes de Castro, na Zona 5, também não suportou a quantidade de água e caiu, o que provocou alagamentos em residências da região.

A Defesa Civil interditou um imóvel no Jardim Iguaçu que ficou destruído com as chuvas. A queda de um muro de arrimo em Maringá também comprometeu três residências. Até às 10h da manhã desta sexta-feira (20/12), a Defesa Civil tinha realizado 56 atendimentos na cidade.

Muro de escola municipal na Zona 5 não suportou o volume de água da chuva / Defesa Civil de Maringá

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.