É falso o vídeo que mostra supostos estragos causados pelo granizo em Maringá no domingo

Por: - 28 de outubro de 2019
Vídeo foi gravado em Nova Iguaçu, município do Rio de Janeiro / Reprodução

Após um dia quente, a chuva encerrou o domingo (27/10) em Maringá. Em alguns pontos da cidade, moradores perceberam pequenas pedras de granizo. Logo após o temporal, um vídeo começou a ser compartilhado em grupos de WhatsApp.

A gravação mostra estragos causados por uma forte chuva granizo. Junto ao vídeo, havia um texto que indicava que a situação tinha acontecido em um shopping de Maringá.

A reportagem do Maringá Post constatou que a gravação com vidros de carros quebrados no estacionamento do shopping não foi feita na cidade.

O vídeo foi gravado no município de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, após fortes chuvas que atingiram a cidade na sexta-feira (25/10).

Por causa da tempestade, a Prefeitura de Nova Iguaçu decretou estado de calamidade pública. Um canal no Youtube publicou o vídeo ainda no sábado. Veja abaixo o vídeo com os estragos provocados em veículos no município da Baixada Fluminense.

O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) incluiu Maringá em um alerta meteorológico de tempestade. Segundo o aviso, havia risco de raios, rajadas de vento fortes e ocasional queda de granizo.

Apesar de alguns moradores de Maringá terem percebido pequenas pedras de granizo, a Estação Climatológica da Universidade Estadual de Maringá (UEM) não registrou granizo na região. De acordo com a Estação, pode ter chovido granizo em outras áreas da cidade, mas na área de abrangência da Estação não houve nenhum registro.

A Estação Climatológica da UEM registrou chuva forte de 9,6 mm que começou por volta das 22h20 e durou cerca de uma hora na noite de domingo (27/10). Os ventos atingiram 54 km/h.

Para segunda-feira (28/10), o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) mantém aviso de tempestade para Maringá.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.