Vila do Papai Noel é a principal novidade. Roda-gigante está de volta. Confira as atrações da Maringá Encantada 2019

Por: - 2 de outubro de 2019
Projeto da Maringá Encantada 2019 foi apresentado na manhã desta quarta-feira (2/10) / Murillo Saldanha

A Prefeitura de Maringá apresentou nesta quarta-feira (2/9) o projeto da Maringá Encantada 2019. Entre as novidades estão a Vila do Papai Noel e a programação que será dividida entre praças Napoleão Moreira da Silva e Renato Celidônio.

A abertura da Maringá Encantada ocorre no dia 15 de novembro na Praça da Catedral com apresentações culturais, a chegada do Papai Noel e o show dos cantores Renato Teixeira e Sérgio Reis. No ano passado, cerca de 60 mil pessoas acompanharam a abertura do Natal e neste ano a expectativa é reunir 100 mil pessoas.

A programação segue até 19 de janeiro de 2020. Para a terceira edição da Maringá Encantada, no lugar da Casa do Papai Noel, o município apresentou um projeto maior: a Vila do Papai Noel. O espaço com grama sintética, casas de duendes, trenó e árvores de Natal vai ser construído no estacionamento próximo à agência dos Correios e a entrada no espaço vai ser gratuita.

Para estimular a circulação de pessoas no centro da cidade, a prefeitura dividiu as atrações do Natal entre as praças Renato Celidônio e Napoleão Moreira da Silva. A roda-gigante de 32 metros e o túnel de luz, duas atrações garantidas pelo município, vão ficar na Praça Renato Celidônio, ao lado do Paço Municipal.

O valor do passeio na roda-gigante vai ser o mesmo valor do ano passado, R$ 10, e o túnel de luz vem com novidades, com shows de música e luz.

Também vão ser montadas duas praças de alimentação e um palco para apresentações culturais na Praça Renato Celidônio. Na Praça Napoleão Moreira da Silva, vai ser instalada uma árvore de natal com 20 metros, um brinquedo gigante e um carrossel.

No local também haverá palco para apresentações artísticas e uma caixa dos desejos. Os pedidos vão ser colocados na parede dos desejos da Casa do Papai Noel em 2020.

A Estação de Trem deixa a Praça Napoleão Moreira da Silva e vai ocupar um espaço na frente da Vila do Papai Noel. O trem vai sair da Avenida Getúlio Vargas em direção a Avenida 15 de novembro e vai circular pelas ruas e avenidas da cidade.

Os distritos e parques  também recebem decoração. A chegada do Papai Noel ocorre em 20 de novembro no distrito de Floriano, 22 de novembro no Parque do Japão e 23 de novembro em Iguatemi.

Diferente dos anos anteriores, a Prefeitura de Maringá decidiu cancelar os shows pirotécnicos nas chegadas do Papai Noel. A decisão atende uma demanda das associações protetoras de animais. O município informou que ainda estuda se haverá a tradicional queima de fogos no réveillon.

O secretário de Cultura, Miguel Fernando, explicou que aspectos como surpresa e pertença basearam o projeto da Maringá Encantada 2019. “Nós fizemos pesquisas no ano passado de experiência turística e de impacto econômico. Baseado nessas pesquisas nós tivemos as condições de indicar as mudanças e melhorias necessárias. Muitos experimentos vão acontecer neste ano, como a Praça Napoleão Moreira da Silva”.

Para o prefeito Ulisses Maia (PDT), além do clima de emoção, alegria e bem-estar, a Maringá Encantada também movimenta o cenário econômico da cidade. O Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem) constatou aumento de 20,7% na arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS) em 2018.

Entre novembro e dezembro do ano passado, foram arrecadados R$ 30.897.166 em ISS, enquanto no mesmo período de 2017 a cidade havia arrecadado R$ 25.689.186. “Fora essa alegria, a geração de empregos que é fato incontestável e a movimentação de todo o comércio, ainda dá lucro para a prefeitura, retornando os investimentos que fazemos”, afirmou Maia.

O prefeito também disse acreditar que o projeto da Maringá Encantada está consolidado entre a população. “Uma ou outra crítica vem de pessoas cujo objetivo da crítica é mais eleitoral, focando em interesses eleitorais. A cidade comprou e tem orgulho do Natal. A cidade participa, vibra e colabora com o Natal”, declarou Maia.

O presidente do Codem, José Roberto de Mattos, afirmou que a Maringá Encantada não é mais uma ação isolada do município. “Faz parte da nossa emoção e do nosso DNA. Duvido que algum gestor que vier no futuro vai tirar o Natal de Maringá. Nós temos um aumento efetivo de arrecadação, não estou falando que isso tudo é da Maringá Encantada. A gente vê as pessoas na rua, há três anos não era tão gostoso andar no Natal quanto agora”.