Empresa responsável por obra no Contorno Sul de Maringá pede aditivo e prefeitura vai romper contrato

Por: - 25 de março de 2019
Segunda colocada na licitação será convocada para dar continuidade a obra de restauração do Contorno Sul / PMM

A Prefeitura de Maringá decidiu rescindir o contrato com a Extracon Mineração e Obras, vencedora da licitação das obras de recuperação do Contorno Sul. O motivo é que a empresa alegou aumento de insumos, especificamente em um componente do asfalto e pediu um aditivo no contrato, o que não foi aceito pela administração municipal.

“A empreiteira nem começou a obra e já quis reajuste de R$ 1,2 milhão. Nós não aceitamos e estamos chamando a segunda colocada”, afirmou o prefeito Ulisses Maia (PDT).

A Extracon vai ser notificada pelo município nesta segunda-feira (25/3). Após a rescisão do contrato, vai ser convocada a segunda colocada na licitação para dar continuidade à obra.

A previsão inicial era que as obras de recuperação do Contorno Sul, que começaram no dia 6 de fevereiro, ficassem prontas em setembro deste ano, 210 dias após o início do serviço. A recuperação emergencial do trecho foi contratada por R$ 12,6 milhões. Os recursos foram obtidos por meio de um convênio entre o município e o governo estadual.

De acordo com o cronograma, no primeiro momento seria feito a recuperação do pavimento asfáltico. As intervenções contam com o recape em área de 164.720 m², fresagem em 27.468 m ², além de recomposição (processo mais profundo que o recape) em 31.559 m² nos trechos mais críticos. Também seria realizada a demolição e obstrução das sarjetas para melhor escoamento das águas pluviais e conservação da pista.

A obra não resolve de forma definitiva os problemas do Contorno Sul. O projeto definitivo está em desenvolvimento pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e tem uma estimativa de custos de R$ 225 milhões. O município ainda não tem esse dinheiro.

Em dias de chuva, água invade a pista do Contorno Sul

Imagem foi registrada por leitor do Maringá Post na sexta-feira (15/3)

Os problemas do Contorno Sul de Maringá vivenciados por quem utiliza o trecho com frequência pioram nos dias chuvosos. Por causa do grande volume de chuva, as canaletas enchem de água e sem escoamento necessário, a água invade a pista e deixa o trânsito complicado.

A situação foi relatada por leitores do Maringá Post por meio da página do portal de notícias no Facebook. De acordo com um leitor, que preferiu não se identificar, acidentes são comuns no local, principalmente em dias de chuva. O trecho descrito pelo leitor fica na Avenida Prefeito Sincler Sambatti, 9.332, próximo a Antenas Aquário.

Na sexta-feira (15/3), quando chovia bastante no local, um carro caiu na canaleta e ao tentar dar ré acabou batendo na moto que estava atrás. O leitor resolveu registar a situação do local no dia e pelas imagens é possível perceber a dificuldade dos motoristas em transitar no trecho.

A Prefeitura de Maringá, por meio da assessoria de imprensa, reconheceu que o problema ocorre em dias de chuva. Segundo a assessoria, as obras de recuperação do Contorno Sul devem regularizar a situação. No entanto, o município informou que durante a obra situações similares como a registrada pelo leitor devem continuar ocorrendo.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.

Tenha acesso liberado ao melhor jornalismo da cidade. Assine o Maringá Post e fique bem informado. Saiba mais aqui.