Licitação vai atrasar entrega dos botões do pânico às mulheres vítimas de violência em Maringá

Por: - 13 de março de 2019
Previsão da Secretaria da Mulher é de que a licitação seja publicada nos próximos dias /Aliocha Maurício/SEDS

A previsão inicial da Prefeitura de Maringá era de que até 50 mulheres vítimas de violência recebessem o botão do pânico neste mês de março. Porém, um pedido da Procuradoria-Geral do Município (Proge) para alterar a modalidade de locação dos equipamentos vai atrasar a implementação do projeto. A expectativa agora é que as mulheres comecem a ser selecionadas em abril.

A locação dos botões do pânico seria feita sem a abertura de licitação. Segundo a coordenadora de Políticas Públicas da Secretaria da Mulher (Semulher), Aliádine Chicoski, foi verificado que apenas o Instituto Nacional de Tecnologia Preventiva oferecia o serviço no Brasil, o que impossibilitava a competição.

A secretaria decidiu então dispensar a licitação e contratar o serviço de forma mais rápida, já que os processos licitatórios tem prazos legais que devem ser cumpridos. Porém, a Procuradoria-Geral do Município pediu para que a prefeitura locasse os botões por meio de licitação na modalidade pregão.

De acordo com Aliádine, a Proge entendeu que a modalidade pregão poderia dar mais transparência para o processo de locação  dos equipamentos. “Outra justificativa, é que Maringá é um polo de TI [Tecnologia da Informação], então outra empresa também poderia fornecer o equipamento. Aí ficou essa dúvida”, informou.

Apesar do atraso na entrega dos botões do pânico, a coordenadora de Políticas Públicas da Semulher garante que o processo licitatório vai ser publicado nos próximos dias. “O efetivo funcionamento depende de uma série de coisas, mas nossa previsão é que o processo seja concluído até 25 de março, mesmo sendo pregão. No mês de abril queremos começar a execução do projeto”.

Na licitação, vão ser locados 50 botões do pânico por R$ 162 mil. Os recursos foram repassados por meio de convênio com a Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social no ano passado. O dinheiro tem que ser utilizado pelos municípios até novembro deste ano, quando vence o convênio.

Os botões do pânico devem auxiliar na proteção das mulheres vítimas de violência que se sentirem ameaçadas com a proximidade dos agressores que descumprirem uma medida protetiva.

No momento em que se sentirem ameaçadas com a presença do agressor em qualquer lugar, a vítima precisa apertar o botão do pânico e acionar a Patrulha Maria da Penha. Na central de monitoramento, a Guarda Municipal vai ter acesso à localização e aos dados da vítima e do agressor, encaminhando as viaturas para o local da ocorrência.



Estudante de Química da UEM é morto em atentado em Maringá. Mais dois jovens ficaram feridos

O jovem estudante morreu na Rua Mandaguari esquina com a Rua Bragança, na zona 7.

Vítima do atentado em Maringá, professor Mima fazia Mestrado na UEM e dava aulas em cursinho de Apucarana

No Facebook, jovem se apresentava com a frase: "Eu tenho um sonho... Isso é tudo que preciso..."

Autor do ataque em pensionato de Maringá conhecia as vítimas e morava na casa há mais de um ano

O enterro da vítima será nesta segunda-feira (18/3), às 15h, no Cemitério Municipal de Conchas, no interior de São Paulo.

Prazo de inscrições para o concurso do Aeroporto de Maringá se encerra na quarta-feira

Os salários variam de R$ 1,49 mil, para auxiliar administrativo e auxiliar de operações aeroportuárias, a R$ 5,72 mil para engenheiro civil.

Agência do Trabalhador de Maringá abre 153 vagas. Tem dez para operador de caixa

Cargos com maior número vagas são de montador de estruturas metálicas, com 16, e soldador, com 11.

Estudante de Química da UEM é morto em atentado em Maringá. Mais dois jovens ficaram feridos

O jovem estudante morreu na Rua Mandaguari esquina com a Rua Bragança, na zona 7.

Vítima do atentado em Maringá, professor Mima fazia Mestrado na UEM e dava aulas em cursinho de Apucarana

No Facebook, jovem se apresentava com a frase: "Eu tenho um sonho... Isso é tudo que preciso..."

Autor do ataque em pensionato de Maringá conhecia as vítimas e morava na casa há mais de um ano

O enterro da vítima será nesta segunda-feira (18/3), às 15h, no Cemitério Municipal de Conchas, no interior de São Paulo.

Prazo de inscrições para o concurso do Aeroporto de Maringá se encerra na quarta-feira

Os salários variam de R$ 1,49 mil, para auxiliar administrativo e auxiliar de operações aeroportuárias, a R$ 5,72 mil para engenheiro civil.

Agência do Trabalhador de Maringá abre 153 vagas. Tem dez para operador de caixa

Cargos com maior número vagas são de montador de estruturas metálicas, com 16, e soldador, com 11.

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

GUIAS