Árvore caiu sobre veículo na Avenida Laguna e vai ter morador que vai passar segunda noite no escuro

Uma árvore caiu sobre um veículo na Avenida Laguna, no entorno do Parque do Ingá, por volta das 17h40 desta terça-feira (15/1). Havia uma pessoa dentro do carro. Ela não conseguiu sair do veículo e o Corpo de Bombeiros foi acionado. A pessoa sofreu apenas um corte na mão.

A chuva que caiu em Maringá no final da tarde desta terça foi bem menos intensa do que o temporal com chuva de granizo registrado na noite de segunda-feira.

Conforme relato de uma leitura do Maringá Post na página oficial do portal no Facebook, na noite desta segunda-feira “uma senhora que caminhava com a família” também ao lado do Parque do Ingá foi atingida por um galho de árvore e teve um ferimento no braço. A mulher foi socorrida por moradores vizinhos, recebeu atendimento médico e está bem.

Por volta das 17h30, a Defesa Civil informou que ainda havia 2.182 unidades consumidoras sem o abastecimento de energia elétrica.

As equipes da Copel trabalham sem interrupções para fazer os reparos, mas foi confirmado que 91 unidades da Rua La Paz, só vão ter a energia elétrica religada nesta quarta-feira (16/1). Na noite de segunda, 24 mil unidades consumidoras chegaram a ficar sem energia elétrica.

Em balanço divulgado no final da manhã desta terça-feira (15/1), a Defesa Civil confirmou a queda de 69 árvores em Maringá, oito sobre casas e portões e três sobre veículos. Houve o rompimento de dezenas de cabos de energia e 15 postes caíram. Além disso, centenas de galhos caíram sobre as vias públicas e foi preciso distribuir lonas em 18 residências.

Em novo balanço, divulgado pela Defesa Civil às 19h20, o número de árvores caídas subiu para 109 árvores, treze sobre casas e portões e sete sobre veículos. Foi confirmada a queda de 15 postes, o número de lonas distribuídas subiu para 21 e foram incluídas duas pessoas feridas.

Na manhã desta segunda-feira, a Defesa Civil também interditou o barracão de uma empresa de transportes, que teve a estrutura afetada pelo grande volume de chuva e granizo.

Outra construção que sofreu danos em Maringá foi o prédio onde funciona o CEEBJA, Escola Estadual Professor Manoel Rodrigues da Silva, na zona 7. O imóvel foi atingido por uma árvore, o telhado quebrou e chegou a chover dentro de uma das salas de aula.

  • Reportagem atualizada às 19h45 com as informações de novo balanço da queda de árvores e incidentes do temporal divulgado no começo da noite pela Defesa Civil. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *