Prefeitura começa a organizar o carnaval de Maringá e abre inscrições para os blocos interessados em ir para a avenida em 2019

Por: - 5 de dezembro de 2018
Bloco "BumBum de Ouro" nas ruas de Maringá no Carnaval 2018 / Reprodução Facebook

Em meio à programação do Maringá Encantada – Um Natal de Luz e Emoção, a Prefeitura de Maringá inicia o aquecimento para o Carnaval de 2019. Os blocos interessados em participar da folia têm até o dia 28 de dezembro para se inscrever por meio de um formulário online.

A programação para o próximo ano é de cinco dias de festa, mas os locais ainda não foram definido. A folia deve começar com o pré-carnaval no dia 23 de fevereiro, das 14h às 21h, e de 1 a 4 de março, das 11h às 19h. Segundo a prefeitura, este ano 11 blocos desfilaram e a festa reuniu 60 mil foliões.

Na inscrição, os integrantes devem informar detalhes sobre os blocos, além de especificar as alegorias e composições das músicas. O formulário para o cadastro foi aberto na semana passada e, de acordo com a secretaria de Cultura (Semuc), responsável pelo evento, já tem três inscritos.

Um dos blocos inscritos é o “BumBum de Ouro“, organizado por vários produtores de eventos.O grupo desfilou pela primeira vez neste ano e premiou com uma catuaba e uma coroa o folião com o melhor rebolado. De acordo com um dos organizadores do bloco, Gabriel Vecchi, a direção começou a planejar as atividades do carnaval esta semana.

“Ainda não conversamos sobre as atrações, mas como é um carnaval gratuito a gente consegue fechar algumas parcerias. Com certeza será uma festa bem democrática. Vamos trabalhar com funk, pop e eletrônico para atrair todo o público”, disse Vecchi, que também é um dos responsáveis pelo bloco de pós-carnaval “Acorda Menina”, que também deverá desfilar.

Segundo ele, o “BumBum de Ouro” reuniu de 6 mil a 8 mil pessoas e o “Acorda Menina” 12 mil foliões. Vecchi afirmou que pediu para a Semuc algumas mudanças na organização do evento: “A gente sugeriu que melhorasse a parte do trio elétrico, porque eles disponibilizaram um carro com som muito baixo.”

Outro bloco que já anunciou nas redes sociais que pretende ir para avenida é o “Oi Sumida“. Organizado pela Liga das Baterias Universitárias de Maringá e a Euphoria Eventos, o bloco começou em 2017 e celebrará a terceira edição em 2019.

Festa deve continuar na Vila Olímpica

Segundo o diretor de eventos da Semuc, Luiz Fernando Neves, apesar de não estar definido o local da festa para o próximo ano, a secretaria trabalha com a possibilidade de continuar com o evento na Vila Olímpica, apesar dos problemas causados pela segurança no local.

Neste ano, na sexta-feira de Carnaval a Polícia Rodoviária Federal, responsável pela segurança na Avenida Colombo, informou que não havia sido avisada com antecedência sobre a festa na Vila Olímpica e que não teria efetivo para garantir a segurança no local.

Após audiência realizada no mesmo dia, autoridades municipais e policias chegaram a um acordo e um gradil foi instalado na Colombo, entre as avenidas Duque de Caxias e Herval, para impedir a travessia dos pedestres.

“A gente acabou ocupando três espaços no local, não só aquele espaço que tivemos que adequar. Ainda existe a possibilidade de realizar o evento na Vila Olímpica, já que tem outros espaços ociosos e que comportam o público”.

O local onde alguns trios elétricos ficaram parados neste início de ano está em obras por causa da construção da pista de skate. Porém, segundo Neves, o estacionamento onde ocorre a Feira do Produtor e outros espaços livres próximos ao Restaurante Popular podem ser ocupados.

“Todos os problemas técnicos e os pontos fracos que a gente detectou neste ano serão corrigidos. Alguns trajetos talvez a gente readeque, mas tudo vai depender da demanda que vamos receber dos blocos”.

Ele afirmou que, neste primeiro momento, a secretaria pretende fazer um mapeamento dos blocos de carnaval para o próximo ano e só depois decidir se serão contratadas outras atrações culturais e shows. “O desenho do carnaval vai sair através dessas demandas dos blocos”, disse.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.