Cidade tem 32 km de vias para bikes prontas, 9 km em execução e 12 km em fase de projetos. Veja mapa de ciclovias de Maringá

Por: - 4 de dezembro de 2018
Ciclovia da Avenida Brasil, que está sendo interligada com a ciclovia da Avenida Gastão Vidigal

Cidade tem 32 km de ciclovias e ciclo faixas existentes e em uso, 9 km em execução e 12 km em fase de projetos. Apenas parte delas é interligada. O mapa de ciclovias de Maringá é da secretaria de Mobilidade Urbana e foi repassado ao Maringá Post nesta terça-feira (4/12).

As ciclovias em uso e que são interligadas são as das avenidas Brasil, Horácio Racanello, Alzírio Zarur, Mandacaru, 19 de Dezembro e Pedro Taques. Está em execução a ciclovia da Avenida Gastão Vidigal, que será uma espécie de prolongamento da Avenida Brasil.

Quando os 3,6 km da ciclovia do Gastão Vidigal for liberada para uso, será possível, por exemplo, sair das proximidades de três pontos distintos do Contorno Norte e chegar ao Contorno Sul de bicicleta usando apenas espaços viários reservados para esse modal de transporte.

Outros dois trechos em execução, um em continuidade à ciclovia da Avenida Alício Campolina e outro uma extensão na Avenida Mário Clappier Urbanati, formarão três lados de um retângulo no entorno da Universidade Estadual de Maringá. Ficará faltando um lado, que, no momento, não está em projeto.

Mapa de ciclovias de Maringá. As em uso estão em vermelho e somam 32 km

Também está em obras um grande trecho isolado na Avenida Carlos Borges e outro pequeno na Avenida Cerro Azul, que estende a ciclovia de aproximadamente duas quadras existente na própria avenida. Entre as ciclovias que estão em projeto, a maior fica na Avenida Tuiuti.

A via para bikes da Tuiuti vai do Contorno Norte até a Brasil, ligando mais uma parte da região norte ao centro. Outro pequeno trecho em estudos interliga a ciclovia da Avenida Colombo com os 1,6 km da Horácio Racanello. A ligação do Parque do Ingá com a Brasil será pela Avenida Riachuelo.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.