Conheça o adolescente de 17 anos que passou em primeiro lugar em Medicina na UEM. É de Mandaguari, mas estudou em Maringá

Por: - 30 de janeiro de 2018
Youssef Haidar Ismael comemora o primeiro lugar em Medicina na UEM: fez 618 pontos dos 720 possíveis,a maior nota desde 2010

Ele tem 17 anos e concluiu o Ensino Médio em um colégio particular em dezembro de 2017. Acordava antes do sol pensar em nascer, às 5h30, pegava uma van de Mandaguari para Maringá, passava o dia em salas de aula e retornava para casa quando o sol já estava se pondo. Aí tomava um banho e estudava até as 22h30, quando ia dormir.

A rotina de Youssef Haidar Ismael, segundo filho de uma professora de educação infantil e um comerciante, é relativamente comum para jovens que se preparam para um vestibular em Medicina, curso mais concorrido nas boas universidades do país. O que foge à regra é ser aprovado em primeiro lugar geral em uma universidade estadual e passar em Medicina em uma federal.

Youssef foi o primeiro colocado geral no vestibular da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e também foi aprovado no mesmo curso na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Para não deixar dúvidas, o adolescente ainda obteve a maior pontuação já feita por um vestibulando da UEM desde 2010. Dos 720 pontos possíveis, ele alcançou o score de 618 pontos.

Comemoração com os colegas de colégio

No início da tarde desta terça-feira (30/1), Youssef e o amigo, Júlio César Onório, o segundo colocado em Medicina na UEM, ainda estavam comemorando o resultado com os colegas no Colégio Integral de Maringá, onde cursaram o Ensino Médio, quando conversou por celular com o Maringá Post. Disse que não é bom em Redação e em Ciências Humanas: “Nem bom, nem ruim, mas dá para passar”. Imagine se fosse!

Júlio César Onório, colega de Youssef: segundo lugar em Medicina na UEL e primeiro geral na UFPR

Júlio César também foi aprovado em Medicina na UFPR. Em qual colocação? Primeira. Dos 1.000 pontos possíveis, o maringaense de 17 anos, que também concluiu o Ensino Médio no ano passado, fez 908. Foi o primeiro inclusive no geral da Universidade Federal do Paraná. “O reitor me ligou”, contou.

Youssef gosta mais de Biologia, Química, Física e Matemática. Disse que não tem nenhum estilo de música de sua preferência, “na verdade quase não ouço”, e não segue nenhum seriado dos canais fechados de TV. “Não tinha tempo”, justifica, mas gosta de jogar futebol com os amigos, como atacante e, sincero, reconhece não ser nenhum garoto bom de bola.

À clássica pergunta aos primeiros colocados a respeito do segredo para passar no vestibular, deu uma resposta pragmática: “Não tem segredo. Estudar bastante e de forma organizada, ter foco e disciplina”. Em qual das duas universidades pretende estudar? Respondeu que está pensando mais na UFPR. Júlio César também vai para Curitiba. Ou seja, pelo duas vagas abertas à segunda chamada.

  • Primeira atualização, feita às 17h35, com a correção sobre a classificação de Youssef Haidar Ismael do vestibular da UFPR e a inclusão das informações sobre Júlio César Onório, o segundo colocado na UEM e primeiro na UFPR. 

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.